Gestão e futebol têm algo em comum?

Gestão e futebol têm algo em comum?

Será que podemos tirar alguma lição do mundo futebolístico e aproveitar no meio corporativo?

É comum o técnico (gestor) fazer um levantamento dos jogadores disponíveis no mercado( candidatos ) para compor o elenco da temporada( planejamento de R&S) de acordo com as necessidades do time(empresa).
 
Veja o comparativo que fizemos entre ambos os lados:
 
  • Técnico = Diretoria
  • Aux. Técnico = Liderança ( Gerentes, Supervisores e Coordenadores )
  • Jogadores = Colaboradores da Empresa
  • Time adversário = Concorrentes
  • Torcida = Clientes
  • Estádio = Mercado
  • Juiz = Nossa maneira de SER ( Ética, valores e etc )
  • Clássico = Crise ( A solução as vezes está nos detalhes )

Após a definição do time (recrutamento e seleção), chega a hora de treinar os jogadores(melhorar habilidades). 
 

O técnico(gestor) deve ter a consciência que para finalizar o jogo(meta parcial) e comemorar as vitórias (bater a meta) e ser campeão(conquistar o objetivo estabelecido), é fundamental que conheça cada jogador(colaborador) do time para saber se a posição(função) que o jogador atua, essa é a posição correta? essa é a que ele pode obter o maior desempenho? Se não for, de acordo com suas características e habilidades,  qual seria o setor(zaga, meio de campo, ataque) perfeito para que pudesse colocá-lo para jogar?(zaga, meio de campo, ataque)
 
Quando definir os jogadores que vão entrar em campo, quais serão as estratégias que serão utilizadas no jogo?(gestão) Sabendo que o jogo(situações) pode mudar no decorrer da partida, o que vai ser feito? Além disso, é importante também conhecer bem ou obter o máximo de informações possíveis do time adversário, ou seja, os seus concorrentes.

 
Por isso é sempre bom ressaltar os pontos abaixo:
 

– Conheça a fundo a cultura da empresa e saiba quais são os setores que precisam ser melhorados e suas necessidades de modo geral

 

– Conheça cada colaborador da empresa e avalie suas características e habilidades para elaboração de um plano de desenvolvimento.

 

– Após efetuar o levantamento, defina quais serão as formas de capacitação disponibilizadas para ampliar as habilidades dos colaboradores

 

–  Deixe claro os objetivos da empresa e quais serão as estratégias que serão utilizadas, esteja sempre atento para mudar quando for preciso.

 

Lembre-se, muitas vezes não é necessário buscar profissionais fora, o que falta são apenas pequenos ajustes para obter um maior desempenho de todos.

 
Valorize o seu time e seja um campeão! Sucesso!


Fonte: Artigos Administradores / Gestão e futebol têm algo em comum?

Os comentários estão fechados.