Globalização – oportunidades e ameaças

Globalização – oportunidades e ameaças

A Globalização é irreversível. Com ela tivemos avanços tão expressivos que não podemos voltar atrás, como o desenvolvimento de tecnologias a passos assustadores

Com a globalização as fronteiras não existem mais e há sempre a sensação de perda de controle sobre as situações. Algo dado como certo pode mudar radicalmente em algumas horas. Ela derrubou fronteiras, ultrapassou línguas e costumes, criou um mundo totalmente diferente e enquanto você lê esse texto, tem mais paradigmas sendo quebrados. A Globalização é irreversível. Com ela tivemos avanços tão expressivos que não podemos voltar atrás, como o desenvolvimento de tecnologias a passos assustadores.

Uma das vantagens da globalização é o acesso à informação. Poder estudar em Harvard sem sair do seu quarto, no Rio de Janeiro. Obter as mais diversas informações e se capacitar ao nível dos melhores do mundo. Saber tudo o que está acontecendo ao redor, não só no país, mas no planeta, podendo se antecipar aos problemas e pensar com mais tempo em saídas criativas.

Porém, ao mesmo passo que traz benefícios, traz complicações. Justamente pelas notícias se propagarem na velocidade da luz, qualquer erro ganha dimensões astronômicas e muitas vezes difíceis de contornar. A sensação é de encolhimento do mundo. Não há mais fronteiras que o toque de um botão no seu computador ou smartphone não resolva.

Com tudo isso, temos mercados cada vez mais competitivos, agressivos e acirrados. Com muitos concorrentes e a comoditização, as empresas precisam ser diferentes, com uma proposta única de valor que encante o mercado.

As empresas que surpreendem com produtos e serviços diferentes que nem os clientes imaginavam possíveis, são as verdadeiras vencedoras dessa corrida. As empresas que triunfam são aquelas que conseguem reinventar seu setor. Não as que apenas fazem melhor, mais rápido, com menos custo, mas que fizeram coisas realmente diferentes.

Em primeiro lugar, é preciso foco no que é primordial e essencial. Em segundo, é preciso acreditar que sem gente excelente não será possível vencer as barreiras da competitividade. Por isso, empresas que investem em treinamentos e subsidiam os estudos de seus funcionários são vistas com grande diferencial. Por último, mas não menos importante, é preciso formar, desenvolver e aperfeiçoar a liderança.

O próximo passo é ir além dos muros da empresa. Fazer um benchmarking bem feito, analisando o mercado, seus concorrentes, coletando dados, e utilizando tudo a favor. Somente com foco e ações objetivas se chegará às metas estabelecidas.


Fonte: Artigos Administradores / Globalização – oportunidades e ameaças

Os comentários estão fechados.