Habilidades empreendedoras em momentos de crise

Habilidades empreendedoras em momentos de crise

Empreendedor no mundo dos negócios, mesmo em tempos de crise, é pessoa que tem capacidade de idealizar, implementar o negócio em andamento, abrir um negócio novo sem medo de inovar, investir e se atirar para conseguir resultados.

Empreendedor no mundo dos negócios, mesmo em TEMPOS DE CRISE, pessoa que tem capacidade de idealizar, implementar o negócio em andamento, abrir um negócio novo mesmo em tempos de crise, não tem medo de inovar, investir e se atirar para conseguir resultados.

Para ser um empreendedor, não precisa fazer curso na Europa, pode ser simples, ter singularidade aguçada, isto é, ter algo que diferencia dos demais, possuir habilidades próprias, ser inteligente e se controlar emocionalmente, tem um grande poder de persuasão e ter uma grande resiliência para suportar este mercado tão complicado.

Existe o empreendedor estudado, preparado, com visão futurista muito grande, vive atrás de novos negócios fora do País, procura inovar sempre o negócio existente.

Por outro lado não precisa ter uma empresa para ser empreendedor, basta ter coragem para enfrentar e criar soluções para os diversos casos que surgirem, funcionários de empresas, funcionário publica pode ser empreendedor tranquilamente.

O grande desafio em TEMPOS DE CRISE para empreendedores é estar preparado e com suas habilidades ativadas, uma das principais é a RESILIÊNCIA, ter uma grande capacidade de resistir aos impactos, ter o controle da empresa nas mãos e saber como equilibra-la.

Habilidade muito importante é saber PERSUADIR E INFLUÊNCIAR os seus colaboradores, vamos falar um pouco mais sobre esta habilidade na sequencia, o principal foco é trazer as pessoas que pode ajudá-lo a SAIR DA CRISE, saber entrar em um período de segurar todo e qualquer investimento. Ter um grande poder de persuasão com os clientes para manter os pedidos e a carteira neste momento de sobrevivência.

Cialdini define a Persuasão como: “a habilidade de trazer as pessoas para o nosso lado, mudando apenas a maneira como apresentamos nossos argumentos”. Sendo assim, trazendo pessoas para o nosso lado nos sentimos mais fortalecidos e encorajados para enfrentar a crise.

Autogestão (Emoção e Razão), como o próprio nome diz empreendedores fazem sua própria gestão, não são influenciados, estas pessoas juntam a autogestão com o que tem na autoconsciência e controlam a emoção e a razão, resumindo podemos chamar de INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, considerando que estes pontos estejam bem administrados o empreendedor tem o controle nas mãos, é forma nítida e clara de desenvolver sua inteligência emocional. 

Marketing Pessoal

O Empreendedor sabe como trabalhar a cabeça dos seus liderados para desenvolvimento do Marketing Pessoal, em momentos de crise os funcionários das empresas privadas e governamental que tiverem uma visão que pode abraçar a causa e ajudar a resolver os problemas, pessoas que tem Marketing Pessoal sabem que em momentos de crise vão surgir problemas e é a grande oportunidade de crescer na empresa.

Liderança

Empreendedor está sempre de olho na liderança, este tipo de líder está sempre com o foco nos resultados e nas pessoas e podem migrar, ora para o autocrático e ora para o democrático, ele sabe perfeitamente qual o perfil de cada colaborador e sabe também qual a necessidade de atingir os resultados.

Estratégias para sair da crise

Saber controlar as emoções – Por mais que a pessoa seja uma pessoa controlada, chega um momento no trabalho que ela perde o controle emocional, outros conseguem controlar-se. Isso ocorre por vários motivos, uma bronca com o companheiro de trabalho, relacionamento em casa, situação financeira e principalmente a situação que vive o nosso Brasil neste momento.

Formas de controlar

Lembra-se da inteligência emocional, que você conhece os seus sentimentos e os sentimentos dos outros, então, se você vir alguém do seu relacionamento, seja, seu chefe, as pessoas que trabalha com você descontroladas, não se assuste, para o momento atual é normal, acontece que neste período quase todos ficam com o pavio curto e sem paciência, saiba sair desta situação com inteligência, afinal lidar com pessoas requer controle, esteja presente e a maior parte do tempo participativo.

Agora vamos ver o outro lado, VOCÊ, chega no serviço com cara de poucos amigos, dormiu mal, talvez você tenha sido cobrado em uma reunião de resultados, afinal o momento não é bom, a empresa precisa de resultado, o que fazer? Neste dia procure se controlar o máximo possível, faça de tudo para não agredir aquele desafeto seu ou até mesmo as pessoas que você gosta, não entre em discussão infundada, quando estamos com stress ou cansados tudo parece sem solução, aguarde este momento passar.

Nas duas situações vamos ter que ter bom senso, se há alguma diferença entre você e seu colega de trabalho ou em sua casa, a maneira de corrigir é ter uma conversa reservada, fale e deixe a pessoas falar, critique e ouça críticas.

Diante da situação de crise o que fazer?

Eu gosto muito da solução de capacitar a equipe rapidamente, elevar a competência de sua equipe, Capacitação e Elevada Performance Profissional é o principal ponto para sua equipe sair do ponto A onde está estagnada e ir para o ponto B em movimento, invista em treinamento curto para melhorar a resiliência, marketing pessoal, inteligência emocional, persuasão e influência, entre outras habilidades.

Outro ponto é elevar a competência do Líder principal, ele está entre os principais pontos chave para ajudar a sair da crise, além da sugestão do item anterior que sugeri capacitar a equipe, o Líder deverá ter um treinamento especifico, afinal ele é quem vai sofrer grande parte do impacto na crise.

Se você não conseguir controlar os pontos que abordei nos parágrafos anteriores, pode ter certeza que os liderados irão ficar do mesmo jeito que você estiver, afinal, os liderados acompanham os seus Líderes. Já dizia Albert Einstein: “A melhor definição de Insanidade é fazer as mesmas coisas todo dia e esperar resultados diferentes”.

Para SAIR DA CRISE que estamos atravessando tem que haver um plano com participação de toda equipe que faz parte das decisões, discutir a capacitação, motivação e tarefas de cada um terá em um novo contexto, a recuperação, o que não pode é se acomodar na situação e achar que os políticos vão encontrar uma solução.

O Líder principal tem a missão de encabeçar o processo de alavancagem, terá que estar preparado para persuadir sua equipe, enfrentar pessoas de difícil relacionamento, muitos problemas que serão colocados na mesa, deverão ter como principal habilidade, a persistência, nunca desistir, porque se os liderados perceberem o desanimo no líder, o plano estará perdido. Na verdade não é que as pessoas não conseguem levar um plano até o fim, a maioria, simplesmente desistem.


Fonte: Artigos Administradores / Habilidades empreendedoras em momentos de crise

Os comentários estão fechados.