Instagram ❤️ E-commerce de Moda

Instagram ❤️ E-commerce de Moda

O Instagram é a mídia que mais engaja consumidores no seguimento de moda no país. E agora as marcas contam com ferramenta poderosa de visual marketing para impulsionar as vendas, transformando desejo em consumo imediato, é só clicar no link na bio da loja para comprar o produto no e-commerce.

Instagram ❤️ E-commerce de Moda 

 

O Instagram é a mídia que mais engaja consumidores no seguimento de moda no país. E agora as marcas contam com ferramenta poderosade visual marketing para impulsionar as vendas, transformando desejo em consumo imediato, é só clicar no link na bio da loja para comprar o produto no e-commerce. Este comportamento vem de encontro a tendência global “see now, buy now”, porque a maioria dos consumidores não querem mais esperar para comprar um produto que esta online, mesmo que a imagem ou vídeo da peça seja um post de inbound marketing na rede de relacionamento. O consumidor atual é imediatista, então o link ou botão para ação como “compre agora” potencializa muito a conversão. Nunca se produziu tanto conteúdo para moda, e geralmente com alto investimento que precisa ter retorno rápido devido a sazonalidade do produto. Por isso o planejamento da estratégia comercial e marketing, precisam estarem alinhadas a estas técnicas de neuromarketing e disponibilidade de estoque. Perder a oportunidade de engajamento deste consumidor no e-commerce, é perder grande volume de venda. Nos Estados Unidos, por exemplo, o aplicativo gera uma média de US$ 65 (sessenta e cinco dólares) por pedido, de acordo com estudo da Shopify.

 

Este movimento vem se consolidando no mercado brasileiro. Numa visão omnichannel temos como exemplo a ação realizada no ultimo SPFW, que disponibilizaram as peças da coleção após desfiles da Ellus 2nd Floor e Riachuelo por Karl Lagerfeld para venda no local e nas lojas. Reflexo do que vem acontecendo pelo mundo nos desfiles da Burberry e outras marcas que já tem as peças para venda online após o desfile. Será um adeus a “which list”? Ainda não claro! Isso se torna mais fácil com marcas de fast fashion com grandes volumes. Os produtos de luxo com alto nível de sofisticação na produção fazem da exclusividade e escassez o seu diferencial ainda, porém pode mudar a escala de produção de algumas linhas da marca com avanço de tecnologia no processo de distribuição nos canais. Na contramão disto observo inúmeros casos que a marca disponibiliza para fashion bloguers e influencers postar produtos que não tem para vender, e causa um efeito contrario de frustração no consumidor e esquecimento daquela peça que poderia ser o “must have” da coleção. Estratégia eficiente otimiza o giro de estoque desde o planejamento da compra de coleção até a oferta de cada produto, pensem nisso! 

 

Dicas e boas práticas para otimizar os resultados do Instagram: 

  • Planeje o conteúdo com no mínimo 30 dias de antecedência, a curadoria é fundamental para comunicação visual que a moda exige.

  • Otimize o resultado programando o post para dias e horários com maior visualização. Cada marca tem seu perfil, é só configurar a ferramenta de analytics e acompanhar para entender melhor o público alvo. Testando e ajustando para aumentar desempenho.

  • Postagens frequentes, mas sem exageros. Seja agradável!

  • Avise o seguidor sobre o link do perfil que direciona ao shop.

  • Crie hashtags para sua marca e promova engajamentos incentivando os consumidores a interagir com conteúdo desde um “behind-the-scenes” no desenvolvimento de seus produtos, como também humanizar com posts dos seguidores usando um look, faça vídeos com curadoria de estilo. E o principal, curta seus posts e responda a todos. Afinal é uma rede social!

  • Vídeos do produto aumentam a conversão em até 87% e prendem a atenção por mais tempo. O instagram aumentou o tempo para 60 segundos, então invista nisso porque o retorno é certo.

  • Apesar de trazer muitos likes, post com pets, paisagens, frases de pensadores,… Não vão fazer o cliente associar a sua marca alguns minutos depois, porque a velocidade e quantidade de informação no feed fará lembrar somente do conteúdo que poderia ser postado por “qualquer marca”. Isso precisa estar bem definido na estratégia de uma branding de Moda. É simpático, mas se não vincular a marca não trás resultado. 

 Os anúncios também tem resultados bem expressivos na conversão de venda quando integrados a estas ferramentas que chamam para ação. Veja no guia abaixo, como fazer uma campanha no instagram:

  1. Configure o Facebook Business Manager

  2. Confirme sua conta do Instagram no Business Manager

  3. Estude o Guia de Publicidade

  4. Crie campanha no Power Editor

  5. Configure a campanha

  6. Desenvolva o anúncio

  7. Rastreie atividades de seus anúncios

  8. Faça a Medição dos resultados Medição dos Resultados

 

Saiba mais sobre esta ferramenta para vender mais no e-commerce!

Entre em contato pelo email contato@thegoal.com.br.


Fonte: Artigos Administradores / Instagram ❤️ E-commerce de Moda

Os comentários estão fechados.