Inteligência Emocional : o segredo das pessoas de sucesso

Inteligência Emocional : o segredo das pessoas de sucesso

Você já notou que algumas pessoas parecem ser “à prova de tudo”, que enfrentam os mais diversos desafios e crises como se fossem as coisas mais naturais do mundo e não se deixam abalar por praticamente nada?

Você já notou que algumas pessoas parecem ser “à prova de tudo”, que enfrentam os mais diversos desafios e crises como se fossem as coisas mais naturais do mundo e não se deixam abalar por praticamente nada?

E já notou também que existem outras pessoas que parecem ser vítimas de praticamente tudo e de todos, frequentemente expressando sofrimento e dor pelas mais diversas razões e sempre com mil e uma justificativas para não conseguirem isso ou aquilo?

Você conhece alguém que se encaixe em algum desses grupos?

E você, se encaixa mais em qual dos dois perfis?

Pessoas de sucesso costumam pensar, sentir e agir de uma forma que é bem comum entre elas e que as ajuda a se manterem mais no controle de suas próprias vidas. Elas tendem a se verem como responsáveis por aquilo que acontece em suas vidas seja de forma direta ou indireta e nas mais diversas áreas.

Quando elas escolhem pensar assim, estão ao mesmo tempo dizendo para si mesmas que quando quiserem que algo mude em suas vidas, essa mudança dependerá essencialmente da própria atitude, decisões e escolhas delas e não de outras pessoas ou fatores externos que estão fora de seu controle.

Talvez você tenha pensado agora – Mas nem tudo nós podemos controlar. E eu digo – É verdade, nem tudo. Mas aquilo que realmente faz a grande diferença em sua vida está dentro de você e completamente dentro do que podemos controlar. Estou falando aqui da nossa mente e das nossas emoções.

Cada coisa que fazemos ao longo da vida acontece primeiro na nossa mente, seja de forma consciente e voluntária ou subconsciente e involuntária. Nossos pensamentos influenciam diretamente as nossas emoções. E por sua vez, as nossas emoções influenciam as nossas escolhas e tomadas de decisão, as quais irão determinar os nossos resultados.

O ser humano normalmente planeja sua vida de forma racional e lógica, mas na hora de agir, o planejamento sofre influência das emoções. Nossa tendência natural é fugir da dor e buscar o prazer. Se seguir o planejamento for levar a pessoa de encontro a uma fonte de dor, a tendência da maioria das pessoas é mudar o plano e escolher outro caminho ou até mesmo mudar de objetivo. Tudo para evitar a dor. Porém, se seguir o plano representar a conquista de algum prazer imediato, a maioria escolhe segui-lo.

As grandes e mais valiosas conquistas da vida, em geral, são aquelas que exigem mais de nós. Seja no que se refere ao esforço necessário, aos aprendizados, ao tempo que leva, ao custo envolvido ou aos desafios que são necessários superar. E é aí que entra a Inteligência Emocional separando os homens e mulheres de sucesso do grupo onde se encontra a maioria das pessoas.

Você já parou pra pensar em quanto vai lhe custar o sucesso que você deseja?

Superar desafios requer sair da zona de conforto. Quando você sai da sua zona de conforto, você se encontra com o desconhecido. E diante deste novo mundo é muito comum surgir o medo e a ansiedade, que podem deixar muitas pessoas apavoradas imaginando o que de pior pode vir a seguir e assim, muitas perdem a coragem de seguir em frente. Diante da mesma situação, outras pessoas se sentem estimuladas e desafiadas a superarem seus limites, desenvolverem habilidades e fazerem novas descobertas e conquistas.

Qual desses dois grupos você acha que costuma alcançar o sucesso na maioria das vezes?

Com qual desses grupos você está se identificando mais?

Tudo na vida são escolhas. Fazer algo para mudar ou deixar tudo como está é uma escolha. Talvez o que esteja lhe impedindo de realizar mudanças importantes em sua vida seja justamente você começar a se ver como responsável por sua própria vida e aprender a ter coragem de tomar decisões e seguir em frente. Nem toda decisão é prazerosa no início, e nem sempre você vai acertar, mas se a mudança e o sucesso que você deseja forem realmente importantes para você, então siga as dicas abaixo e comece já a transformar a sua vida para a melhor.

Dica #1 – Após definir suas metas e objetivos, para você não desistir nas primeiras dificuldades ou problemas, defina o porquê você quer alcançá-los. Quando você tem um motivo forte o suficiente, você se enche de coragem e enfrenta qualquer desafio para conseguir o que você realmente quer. Liste as coisas que lhe dão coragem, entusiasmo e força para continuar avançando e utilize-as a seu favor todos os dias.

Dica #2 – Procure se conhecer melhor e identificar o que lhe causa medos, ansiedade e lhe faz travar no meio do caminho. Neste processo, permita-se errar e aprender com seus próprios erros. Busque também aprender com as experiências de outras pessoas e sempre que possível, busque orientação profissional para acelerar o processo e conseguir se ver melhor através olhos de alguém de fora da situação.

Dica #3 – Aprenda a usar a sua imaginação e as suas emoções a seu favor e não contra você. A maioria dos nossos medos são de coisas que na maioria das vezes nunca chegarão a se realizar, a não ser na nossa imaginação. Procure manter sempre na sua mente o seu motivo para estar agindo. Toda vez que sentir vontade de desistir, pense no seu motivo e diga em sua mente – Hoje eu vou fazer melhor que ontem. Hoje eu serei melhor que ontem. E crie o hábito de anotar e celebrar todo os seus progressos.

Dica #4 – Entenda que, para desenvolver uma mente forte, focada, determinada e aprender a ter controle emocional, é preciso ter disciplina e praticar regularmente atividades que lhe tirem da sua zona de conforto e lhe estimulem a enfrentar e superar seus medos. Não adianta fazer isso vez ou outra. É necessário fazer sempre, até você se sentir a vontade e confiante. Quando você faz isso sempre, você cria o hábito de estar sempre expandindo sua zona de conforto, e aí, quanto mais você pratica, mais confortável se sente em situações que no início poderiam até lhe paralisar.

Dica #5 – Escolha ser a pessoa responsável por sua vida, pelos seus resultados e por aquilo que lhe acontece de bom ou ruim. Quando você cria o hábito de se ver como criadora da sua própria vida, se por acaso algo não sai como você queria, você simplesmente pensa, age e corrige. Por outro lado, se você se vê como uma vítima do mundo e das pessoas ao seu redor, a sua vida está sempre nas mãos dessas pessoas, que podem não ter o menor interesse no seu bem-estar, sucesso e felicidade. Não existem vítimas e nem culpados neste processo. Se ver como vítima tira de você o seu poder de transformação. E se ver como culpada faz você querer se punir e sabotar a si mesma e aos seus projetos. Para se ajudar, pergunte a si mesma – O que eu devo fazer para conseguir o que eu quero? E então faça!

Dica #6 – Aprenda a separar o que são fatos, do que são interpretações dos fatos. Quando você fica tentando imaginar por que a outra pessoa fez isso ou aquilo, você primeiro gasta uma energia tremenda imaginando as possibilidades, depois você gasta mais energia ainda se preparando para reagir ou reagindo de forma emocional e descontrolada. E no final das contas, muitas vezes, você entendeu tudo errado e não era nada daquilo que você estava imaginando e sentindo. Quando algo mexer com as suas emoções e você sentir que está sendo dominada por elas, pergunte-se: o que realmente é fato nesta história? O que é interpretação minha? Que pergunta eu devo fazer para eliminar as dúvidas e poder agir de forma inteligente, racional e sensata?

Dica #7 – E pra fechar, procure sempre ressignificar suas dores e traumas do passado. Quando você notar que está se deixando limitar por algum medo ou dor gerados no passado, pergunte-se: o que eu consegui de bom devido a essa situação desagradável? O que eu aprendi com isso que me ajudou a conquistar algo importante em minha vida? De que forma ter enfrentado esta situação dolorosa no passado me ajudou a ser pessoa que sou hoje e estar me aproximando do sucesso que desejo e busco?

Concluindo, nos deixar limitar e aprisionar por nossos medos e emoções negativas é na maioria das vezes o que nos impede de realizar grandes mudanças em nossa vida e alcançarmos conquistas valiosas. Se você quer realmente se tornar uma pessoa bem sucedida e construir uma vida de muita felicidade, paz de espírito e prosperidade comece já a desenvolver a sua Inteligência Emocional, mantenha o foco sempre no positivo e aprenda a fazer das emoções suas e das outras pessoas uma forte aliada em sua vida.

Se você sentir que precisa de ajuda para entender melhor o texto e colocar as dicas em prática, fique a vontade para entrar em contato comigo e agendar uma sessão experimental gratuita. Será um prazer lhe conhecer e mostrar como o método Coaching pode lhe ajudar.

Um forte abraço e até logo.


Fonte: Artigos Administradores / Inteligência Emocional : o segredo das pessoas de sucesso

Os comentários estão fechados.