Líder: Cornelius Vanderbilt

Líder: Cornelius Vanderbilt

Esse texto faz parte de uma coletânea sobre grandes líderes e que contará com dois artigos por semana, as terças e sextas

Cornelius Vanderbilt

Industrial, empresário de sucesso do ramo de transportes marítimos e ferroviários. Nascido em Staten Island, New York no ano de 1794.

Em 1817, Vanderbilt iniciou uma companhia de transportes marítimos em conjunto com Thomas Gibbons, a The Union Line. Em 1964 retirou-se de ramo e com 70 anos de idade começou seu império ferroviário, após ficar conhecido como Coronel Cornelius Vanderbilt – dono do maior império ferroviário seu sobrenome foi dado a uma classe de locomotivas. Vanderbilt, no final da guerra possuía uma rede ferroviária que valia – naquela época – US$ 68 milhões de dólares, o correspondente ao ano de 2012 a US$ 75 bilhões de dólares.

No início, Vanderbilt comprava diversas empresas do ramo para crescer a sua, inclusive após algumas recusas por parte de outros empresários ferroviários, Vanderbilt dono da ponte Albany que ligava New York ao restante do pais mandou fecha-la impedindo os trens dos seus concorrentes de atravessar para a principal cidade do leste americano. Após esse ato e depois de alguns outros percalços, Cornelius Vanderbilt detinha a maior rede ferroviária do mundo.

Após transportar por anos diversos produtos em seus trens, Vanderbilt recebe uma visita inesperada – ou esperada – John D. Rockefeller. Mas o que queria Rockefeller com Vanderbilt?

Como transportar uma quantidade maior de petróleo para as mais diversas áreas dos EUA? De avião? De caminhão? – Acho que não. Durante muito tempo, Vanderbilt transportou o petróleo de Rockefeller, até chegar o momento que a produção de Rockefeller excedia a capacidade de transporte das ferrovias.  Após alguns desentendimentos ente Vanderbilt e Rockefeller, o transporte de petróleo foi priorizado em outro sistema modal, o oleoduto.

Sobrou alguma coisa do sistema ferroviário de Vanderbilt? Bem, temos a Grand Central Terminal, aquela famosa estação em New York, além é claro das ferrovias.

Vanderbilt, como outros empresários entrou no sistema da filantropia e doou milhões de dólares para diversas áreas, dentre elas a educação com a Vanderbilt University.

Cornelius Vanderbilt morreu em 1877, sua fortuna é estimada em US$200 bilhões, assim sendo considerado a segunda pessoa mais rica da história dos estados unidos da américa, atrás apenas de Rockefeller.


Fonte: Artigos Administradores / Líder: Cornelius Vanderbilt

Os comentários estão fechados.