Mudança de governo após impeachment, e agora Brasil?

Mudança de governo após impeachment, e agora Brasil?

Com o afastamento provisório da presidente Dilma Rousseff e sua equipe, os problemas e desafios do Brasil continuam. Cabe à nova equipe estabelecer ferramentas que retirem o país da atual situação.

Com o afastamento da presidente do Brasil, uma nova equipe governista assumiu o posto que tem muitos desafios pela frente. Muitos pensavam que com o afastamento da presidente a situação do país iria melhorar prontamente. Porém, a situação não é tão simples assim. O governo afastado administrou o país nos últimos anos com total indisciplina financeira e fiscal. E agora o país atravessa uma das maiores crises econômica da história.

Tal crise foi ocasionada pela falta de produtividade da economia, excesso de gastos públicos, falta de investimento em setores estratégicos e indisciplina fiscal, onde o governo tirava de um lado para cobrir o outro, o que ocasionou um ciclo vicioso de manipulação das contas públicas.

O processo de impeachment e afastamento da presidente não irá melhorar da noite para o dia as condições políticas e econômicas do país. O novo governo terá muitos desafios a serem vencidos e um deles é retomar o crescimento econômico, a fim de criar novos postos de trabalho, visto que o desemprego assola cada dia mais os brasileiros.

A credibilidade do país também deverá ser muito bem trabalhada pela nova equipe governista, junto aos investidores, para demonstrar que o país entrará em um processo de recuperação. Deverão ser tomadas medidas de curto, médio e longo prazo, ou seja, o governo precisa de um bom planejamento estratégico de mudanças, pois a crise política afetou muito a imagem e credibilidade do país no mercado internacional.

Também não podemos esquecer que a nova equipe econômica terá que trabalhar bastante no controle da inflação e adotar políticas estratégicas de redução da taxa de juros para que o país tenha ferramentas de captação de investimentos produtivos e não especulativos.

Outro ponto, que o novo governo terá que alinhar é a adoção de uma taxa de câmbio eficiente tanto para as exportações quanto para as importações. Afinal, o país precisa urgentemente utilizar políticas eficientes de fomento a exportação, a fim de gerar emprego e renda.

O Brasil precisa incentivar as empresas, principalmente as micro e pequenas a exportarem seus produtos e serviços para o mercado mundial, fazendo que estas empresas gerem e vendam produtos de valor agregado no comercio internacional.

Afinal, o país precisa deixar de ser um exportador de produtos primários e passar a ser um exportador de produtos e serviços com tecnologia de ponta, desenvolvendo tecnologias que possam ser comercializadas internacionalmente.

Em suma, com a mudança governamental, o país continua com muitos desafios econômicos e sociais. Cabe ao novo governo estabelecer medidas eficientes e eficazes que retirem o país da situação atual, fazendo com que o Brasil retome o crescimento econômico e volte a gerar empregabilidade, investimentos e desenvolvimento social sustentável. 


Fonte: Artigos Administradores / Mudança de governo após impeachment, e agora Brasil?

Os comentários estão fechados.