Mude os seus hábitos de consumo

Mude os seus hábitos de consumo

A distinção entre uma vida sobre estresse financeiro e uma vida repleta de felicidade e fortuna, está nos pequenos hábitos que nós temos em relação ao uso do nosso dinheiro

Quem demorar muito para cortar gastos reduzindo o preço que sai caro pela comodidade e manter a mesma qualidade de vida passando a comprar apenas o que for necessário, vai sofrer ainda mais, uma vez que aquela dívida que não for eliminada no início tende a se tornar frustração e virar um caos que gera certas preocupações.

 Mas o que fazer? Em uma situação dessa, a saída é você listar os gastos essenciais para se manter e as despesas desnecessárias que podem ser cortadas.

 Certamente, em algum momento de nossa vida nós já tivemos que lidar com dívidas.

 Enquanto as dívidas relativas a empréstimos estudantis ou a um financiamento imobiliário são compreensíveis e muitas vezes necessárias, as de cartão de crédito, de assinaturas de revistas, de jornais, de canais fechados e outras, por outro lado podem ser evitadas.

 Quitar as dívidas deve ser a primeira de todas as prioridades e, por isso, vale mais a pena guardar parte do dinheiro reservado para as dívidas do que sair gastando até o dinheiro acabar.

 Isso se deve ao fato de que caso surja algum imprevisto, como por exemplo, uma situação de emergência, você não precisará contrair novos empréstimos, pois, terá reserva financeira guardada.

 Mesmo demorando mais para quitar suas dívidas, por exemplo, o indicado é garantir as economias que você faz para as reservas financeiras do seu fundo de emergência.

 É sempre melhor reduzir a gordura em excesso durante vários meses gradualmente do que se submeter a um regime radical que só dura normalmente um mês.

 Por isso, faça esses ajustes com calma e com determinação sincera de acordo com a sua atual situação financeira que você se encontra no momento, porque com certeza você vai encontrar o equilíbrio financeiro ao fazer por onde.

 Devido a essa razão evite a comodidade, pois, os produtos de conforto que é quando você se dá ao luxo de não praticar a ação como, por exemplo, a fruta pré-cortada e quando você pede para um garçom te servir nos serviços à lá carte, estão bem convenientes.

 Mas, por isso, vêm com um preço salgado acima do normal devido à taxa de serviço extra que acaba sendo cobrada no final das contas.

 Ignorar esses itens e colocar um pouco de esforço adicional investindo o seu tempo, com certeza gera uma economia efetiva que faz bem para o seu bolso e no final das contas você acaba economizando dinheiro em vez de pagar pelo conforto de uma determinada comodidade.  

 Se você não ficar de cima e mudar os seus hábitos de consumo, essa ineficiência vai ficar pra sempre corroendo o seu suado dinheiro.

 Antes de tomar qualquer decisão tenha muita calma nessa hora, reflita com cuidado e procure o seu equilíbrio.

 Uma boa ideia seria tentar um período de consciência dos impactos que as determinadas mudanças que você decidiu colocar em prática podem lhe trazer.

 Portanto, procure não fazer nada de maneira radical em momentos de tristeza ou euforia para você não se arrepender lá na frente.

 Mude os seus hábitos de maneira consciente para consumir mais e melhor.

Se você gostou desse artigo, deixe o seu comentário abaixo.


Fonte: Artigos Administradores / Mude os seus hábitos de consumo

Os comentários estão fechados.