O Brasil com S é o Brasil que dá certo

O Brasil com S é o Brasil que dá certo

A intenção do Governo Federal de retirar recursos do Sistema S é mais um ataque aos empresários e mais uma medida que trará grandes prejuízos ao País. Escolas profissionalizantes dos “S” são equiparáveis às melhores do mundo e atendem milhões de brasileiros. Alunos do Senai e Senac levaram o Brasil ao primeiro lugar na World Skill 2015 com 27 medalhas

O propósito inicial desse texto é apresentar aos gestores públicos do Poder Executivo da União e aos brasileiros, em geral, o equívoco incutido nas medidas econômicas anunciadas recentemente. Diz a imprensa, que Medidas Provisórias estão sendo elaboradas para realizar importante e necessário ajuste fiscal. Não cabe aqui discorrer sobre as razões que levaram à desastrosa situação econômica, fiscal e política a que chegamos em nosso País. Mas sim, que existe uma saída que comprovadamente dá certo: Educação.

A mesma imprensa divulga que o Governo intenciona retirar recursos constitucionais privados e destinados ao “sistema S” (leia-se Senac, Sesc, Senai, Sesi, Sebrae, Sest, Senat, Senar e outros) para apropria-los nas contas públicas. Além de arbitrária, tal medida, de constitucionalidade duvidosa, trará pioras a situação do Brasil em curto, médio e longo prazos, por retirar recursos de setor de produtividade mais alta para outro de menor. A esse respeito, disse o ex-ministro e ex-deputado federal Delfim Netto, em entrevista recente: “Dizem que vão usar a verba do sistema S. Ora, meu Deus do céu! R$ 1 do sistema S produz infinitamente mais que R$ 1 na mão do governo.”

Senão vejamos: O Governo Federal lançou em 2011 o exitoso Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), com a finalidade de ampliar a formação técnica e a qualificação profissional do brasileiro, elevando assim, o nível produtivo e competitivo do trabalhador, em especial do mais jovem. A Presidente Dilma anunciou no final de 2014 o cumprimento da meta de oito milhões de matriculas Pronatec no primeiro mandato e, na ocasião, em cerimônia no Palácio do Planalto, agradeceu às instituições ofertantes de vagas de cursos profissionalizantes, o empenho de todos. A mandatária da Nação, ainda exibiu gráficos e números comprobatórios do sucesso do Programa, nos quais o Sistema S realizou nada menos que 83% de todo o Pronatec.

Tal sucesso da parceria Pronatec/Sistema S se deve à disponibilidade de 70 anos de investimentos privados colocados a serviço do Governo Federal e não fica apenas na retórica. Em agosto deste ano, o Brasil sediou a Olimpíada Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, World Skills 2015, evento que acontece a cada 2 anos ao redor do mundo. Nessa ultima edição, o Brasil conquistou o inédito primeiro lugar, agraciado com 27 medalhas e 18 Certificados de Excelência, conforme segue: 11 medalhas de ouro, 10 medalhas de prata e 6 de bronze. Até então, a melhor posição brasileira havia sido um 5° lugar com oito medalhas, em 2013, na Alemanha.

Comprovando a qualidade de padrão mundial da educação ofertada pelo Senai e Senac, todos os 27 medalhistas brasileiros foram alunos representantes dessas escolas, sendo que 25 deles assistidos pelo Pronatec. O que demonstra cabalmente o êxito da parceria.

Como dirigente do Senac em Sergipe, sempre orientei as ações institucionais na direção das políticas públicas de Educação consistentes, como é o Pronatec. Além disso, o Senac/SE pratica em volume superior a qualquer outro programa, o PSG – Programa Senac de Gratuidade -, assegurando, com o próprio orçamento, o acesso a formação profissional de qualidade a pessoas de menor renda. Da soma dessas ações resultam números absolutamente transformadores da realidade presente do jovem e do trabalhador sergipano. Apenas nessa escola sergipana mais de 2% de toda a população do Estado concluiu seus cursos profissionais gratuitamente nos dois últimos anos. Ou seja, são quase 50 mil sergipanos qualificados pelo Senac GRATUITAMENTE em 2013 e 2014. Além disso, o Senac/SE foi ao pódio em todas as edições nacionais do Prêmio Pronatec Empreendedor e já é finalista novamente em 2015.

Diante de tão expressiva e positiva realidade fica difícil crer que esse êxito não seja do interesse do Governo Federal, na medida em que reduz a pó o Pronatec em 2015 e depois ameaça o funcionamento do Sistema S. Afinal, será que o que dá certo na Educação destoa da “Pátria Educadora”?

Publicado originalmente em http://paulodoeirado.blogspot.com.br/2015/09/o-brasil-com-s-e-o-brasil-que-da-certo.html


Fonte: Artigos Administradores / O Brasil com S é o Brasil que dá certo

Os comentários estão fechados.