O gramado do vizinho é mais verde

O gramado do vizinho é mais verde

A palavra oportunidade é muito confortável pois parece depende de fatores externos, é como se a sorte caísse no seu colo as grandes oportunidades e enquanto elas não chegam, a solução é reclamar do destino

Imagine uma cidade com pouco mais de 34 mil habitantes, com área de 240 mil km quadrado, a distância para o litoral é de 156 km e para a capital do seu estado é de 124 km, fica no meio de uma serra, e ela por si só não parece nenhum pouco atrativa a visitantes, mas é, e muito atrativa, eu estou falando de uma cidade que tem 90% da sua receita voltada para o turismo, eu estou falando de gramado, pequena cidade localizada no Rio Grande do Sul, na belíssima serra gaúcha. Provavelmente se você ainda visitou este local, já ouviu falar sobre e deve estar pensando que esse é um local maravilho e realmente é. Estive a poucos dias visitando esta cidade e fiquei encantado com os grandes espetaculos, os parque monumentais e pela beleza de uma cidade que se transforma para viver “a magia do natal”, mas outra coisa me chamou atenção, tentei por alguns momentos enxergar o evento do ponto de vista empreendedor e aprendi três grandes lições que quero compartilhar com você.

Não espere oportunidades.

NATAL LUZ

Olhando com cuidado vamos observar que a maioria das atrações da cidade podem acontecer em qualquer lugar do Brasil, a região com certeza é favorecida em alguns pontos, mas como qualquer região também é desfavorecida em outros aspectos. Segundo os relatos dos próprios moradores, antes do NATAL LUZ  a època natalina era considerada baixa temporada e a cidade ficava morta nos meses de novembro e dezembro, a cidade saiu do seu local de conforto e utilizou o poder da criatividade para fazer a cidade se tornar uma referência quando o assunto é festas natalinas.

A festa só começou e só acontece até hoje pelo envolvimento da cidade, todos estão empenhados em tornar sua estadia em Gramado inesquecivel, o soldadinho de chumbo, o carinha que vende os bilhetes de estacionamento, a equipe do hotel, cada vendedor das lojas, cada vendedor das lojas, a cidade como um todo foi envolvida na festa, não simplesmente pelo que eles iriam ganhar, mas porque contribuir com este evento passou a ser uma missão particular de cada um deles. 

Em 2015 uma das palavras mais faladas pelos brasileiros foi CRISE, vi muitas pessoas esperando oportunidades aparecerem para então sair da “crise” , e a grande lição que aprendi em gramado é que a criatividade tem um poder transformador muito maior que a oportunidade.

A palavra oportunidade é muito confortável pois parece depende de fatores externos, é como se a sorte caísse no seu colo as grandes oportunidades e enquanto elas não chegam, a solução é reclamar do destino. É POSSÍVEL QUE AS OPORTUNIDADES, DA FORMA QUE EU DESCREVI, NUNCA APAREÇAM, MAS A CRIATIVIDADE SÓ DEPENDE DE VOCÊ.

Lideres é preciso dar uma razão maior que o salário para a sua equipe, é preciso que elas entendam o motivo das suas ações, se esforce em envolver seus funcionários como uma equipe e não apenas como seus empregados. Apresente os projetos da sua empresa para os seus funcionários, mostre aonde a empresa quer chegar e de que forma cada um pode contibuir. FAÇA COM QUE SEUS FUNCIONÁRIOS SONHEM JUNTO COM VOCÊ, isso fará toda a diferença.


Fonte: Artigos Administradores / O gramado do vizinho é mais verde

Os comentários estão fechados.