O poder de uma Ideia

O poder de uma Ideia

“A ideia é uma força impulsionada por um desejo, que se colocada em prática, é capaz de conceber a semente da realização”.

Quão difícil quanto mensurar o valor de um serviço, é saber valorar uma ideia. Seria muito “clichê” de minha parte, afirmar que todos nós vivemos na era da informação, porém não somente estamos nessa era, quanto estamos soterrados de ideias e informações soltas, desorganizadas no mar da internet.

Hoje consumimos a todo momento seja através, da internet móvel, rádio, televisão, jornal e outras mídias clássicas e inovadoras milhares de informações e junto com elas, pequenas e grandes ideias transformadoras.

“O conteúdo é rei, e quanto melhor ele for desenvolvido, direto e claro, mais impacto ele gera na sua audiência”. – dica matadora para você que quer deslanchar seu negócio na internet

Em todo lugar, em todo o momento, por trás de uma mente repleta de sinapses, informações que se desorganizam e reeorganizam, transformando-se em ideias, existe um “alguém” querendo vender alguma coisa para qualquer pessoa.

No mundo digital é notório o número de pessoas que vivem a conceber uma ideia, empacotar e fazer desse de um infoproduto (e-book, vídeo aula, artigos, slidcasts) seu grande negócio. Em época de crise, as pessoas ficam ainda mais sedentas por novas ideias, conteúdos transformadores e que geram valor. 

Livros são grandes instrumentos para se vender uma ideia por falar nisso, a maioria das pessoas compram livros por duas razões: Título (ideia central e resumida do livro) e Arte da capa. 

Será que você sabe vender sua ideia? Quanto vale sua ideia? Você o poder que tem a sua ideia? Quantas pessoas poderiam ser impactadas pela sua ideia?

Um dos discursos mais famoso da história da humanidade I Have a Dreamproclamado em 1963, nasceu de uma ideia arraigada em um desejo desenfreado, de um nobre homem que sonhava pela liberdade racial e igualdade de um povo. Ideias, podem ser apenas um conjunto de informações, esquecidas e muitas vezes “assassinadas” por seu concebedor, que deixou de acreditar na concretização do seu sonho.  

Napoleon Hill empresário, filósofo, filantropo e prercursor da filosofia do sucesso, estudou ao longo de 20 anos o comportamento das pessoas bem sucedidas (Thomas Edison, Henry Ford e Andrew Carnegie) e o mesmo descobriu, que 85% do sucesso – embora relativo e subjetivo dependendo do ponto de vista de cada pessoa – corresponde a sua “atitude” e 15% somente, ao seu conhecimento. 

“Atitude é a régua que mede a distância entre você e a realização do seu sonho”.

Grandes impérios são sustentados por uma base chamada ideia, e que só foi possível erguê-los, porque alguém acreditou no poder de sua ideia, e fez com que outras pessoas também acreditassem. Da mesma forma que esses impérios são erguidos, os mesmos também podem sucumbir, porque esse mesmo alguém, deixou de acreditar na grandeza da sua ideia.

Os relacionamentos que em geral duram mais, são feitos de pessoas que acreditaram na ideia de um matrimônio sustentado na palavra de Deus. Cristo implantou nos jovens discípulos a regra de ouro que resiste há mais de 2000 anos: Faça ao próximo, aquilo que você gostaria que fizesse a ti mesmo.

Todos os bons vendedores sabem que, quando o produto ou serviço não vende, é possível vender ideias. E você ai achando, que a Coca-Cola era algo muito bom no começo da sua concepção né? Esse grande case de sucesso, se tornou mundialmente conhecido, porque criou-se em torno do produto (refrigerante) um ideia, um conceito incutido na mente das pessoas. 

“Deitado no interior do seu quarto, mil ideias pairavam sobre sua cabeça, porém um delas é a que mais chavama sua atenção. O que parecia ser loucura para os olhos dos incrédu-los, para ele era um sonho possível de ser realizado. De olhos fechados, no mais fundo do seu consciente, a ideia lhe incomodava. Hoje os negros estão entre os brancos e vivem em harmonia”. Martin Luther King Junior, acreditou na sua ideia fixa. 

A ideia é uma força impulsionada por um desejo, que se colocada em prática, é capaz de conceber a semente da realização. Quanto vale sua ideia? Grandes fortunas, nasceram de grandes ideias criadas por homens que anciavam por mudanças em uma sociedade conformada pela própria realidade. 

Não existe uma padronização no preço de uma ideia, até porque, para alguns sua ideia pode não valer nada, enquanto para outros, pode valer muito. Se você for esperto e conseguir vender um conceito, consegue em geral, receber o que pediu.

Será que sua ideia esta esquecida imaginário da sua mente? Será que o seu grande negócio esta esquecido em um papel no fundo da gaveta? Uma ideia bem adminstrada, gerida e alimentada, é capaz de resistir a forme opressão e as dificuldades da vida. 

Que a história do Tacho Mágico, que ainda gera renda, emprega pessoas e faz parte do cotidiano de inúmeras famílias, sirva de inspiração para você colocar em prática sua grande ideia:

 

 

 


Fonte: Artigos Administradores /
O poder de uma Ideia

Os comentários estão fechados.