O poder do comprometimento

O poder do comprometimento

Isso separa quem consegue o que quer e quem não consegue

Das pessoas que eu conheço e que conseguem definir um objetivo, seja financeiro, pessoal ou profissional, percebo que uma palavra separa aquelas que alcançam daquelas que não alcançam o que desejam: comprometimento.

Isso acontece também em processos de coaching com meus clientes. Ou o cliente vai até o fim e consegue o que quer, ou pede pra sair antes, porque embora diga que quer mudar alguma coisa na vida e atingir determinado objetivo, na prática não é o que realmente quer.

Existe um preço a se pagar para tudo o que se quer. Por exemplo: se você perguntar em uma sala “Quem quer ganhar mais dinheiro?” provavelmente a maior parte irá levantar a mão e demonstrar uma vontade aparentemente genuína de ganhar mais dinheiro. Quando vier a segunda parte, tipo “precisarão trabalhar aos fins de semana”, a maior parte desiste porque tem aniversário, churrasco com os amigos ou outros compromissos. É preciso abrir mão de algumas coisas para conseguir outras.

Em minha carreira como consultor financeiro e coach, cheguei a atender várias pessoas gratuitamente, pensando em realmente ajudar essas pessoas a terem mudanças positivas em que demonstraram inicialmente interesse.

De cada 10 oportunidades, cerca de 60% arrumava algum problema antes do primeiro contato (estou sem Internet ou tive um imprevisto…). Outros 20% desistem logo que percebem que para mudar suas próprias vidas terão que sair da zona de conforto. O coaching é muito efetivo para tirar as pessoas da zona de conforto, por isso os resultados são muito bons. No entanto, é preciso querer de verdade.

Eu sempre sou muito franco com as pessoas. Assumir a responsabilidade pelos próprios resultados é a única chance de haver mudança. E isso pode ser difícil para quem está acostumado a culpar fatores externos pelos seus fracassos. Ouço frases do tipo: “o governo está acabando comigo”, “o banco está me matando”, “o desemprego aumentou por isso não consigo um aumento”, “a inflação aumentou então não consigo guardar dinheiro”, “não posso sair do meu emprego porque preciso do salário”.

Há algum tempo iniciei um processo de Coaching com um cliente em uma situação aparentemente muito difícil de solucionar. No entanto, esse processo confirma o título que eu coloquei neste artigo. Uma pessoa comprometida pode alcançar o que quiser, independente do que aconteça ao seu redor. Os fatores externos influenciam, mas não determinam os resultados.

O resultado foi tão satisfatório que eu tive a felicidade de gravar uma entrevista com ele, para encorajar outras pessoas a também tomarem decisões importantes, descobrirem o que querem da vida e agir nessa direção. Se estiver comprometido, naturalmente o resultado acontece.

Se você quer ou precisa de uma mudança, siga o exemplo deixado no vídeo abaixo.

 


Fonte: Artigos Administradores / O poder do comprometimento

Os comentários estão fechados.