O tripé de uma marca sólida: Identidade Visual, Imagem Institucional e Plano de Comunicação

O tripé de uma marca sólida: Identidade Visual, Imagem Institucional e Plano de Comunicação

Não basta ter uma boa ideia e oferecer produtos e serviços de qualidade para o seu público. É preciso mais. É necessário que seu público perceba e respeite todas as suas qualidades. Só que a pergunta que não para de martelar no fundo da cabeça é: “como é que eu vou fazer isso”. A resposta é simples: através da consolidação e fortalecimento da sua marca.

boxx_embalagem Imagem: Pixabay | CC0 Public Domain

Não basta ter uma boa ideia e oferecer produtos e serviços de qualidade para o seu público. É preciso mais. É necessário que seu público perceba e respeite todas as suas qualidades. Só que a pergunta que não para de martelar no fundo da cabeça é: “como é que eu vou fazer isso”. A resposta é simples: através da consolidação e fortalecimento da sua marca. E para que se possa adotar uma estratégia Branding (conheça mais sobre ele aqui), o ideal é investir no tripé identidade visual, imagem institucional e plano de comunicação. Então vamos apresentar a você cada uma dessas bases e como elas se conjugam para ajudar sua empresa a vender cada vez mais!

O papel da Identidade Visual (Expressão da Marca)

A Identidade Visual ou Sistema Visual representa o universo imagético da marca. É a maneira como o público, literalmente, vê a sua marca. De forma prática isso significa investir em:

  • Atrair o público – uma boa identidade visual se destaca, seja no universo online, seja em pontos de venda físicos.
  • Seriedade – basta nos colocarmos no lugar de público consumidor para perceber. Assim que deparamos com um Identidade Visual mal executada, nosso primeiro instinto é evitar. É fundamental ter uma marca que demonstre, através do design, a suas qualidades, atributos, diferenciais e conceitos.

A Imagem Institucional (Reputação)

A imagem institucional é o conjunto de ações que fazem com que o cliente perceba a marca de uma forma positiva. Se uma pessoa compra, por exemplo, um quilo de feijão (talvez atraído pela identidade visual), ela abre o pacote esperando grãos uniformes, da variedade escolhida. Chega em casa, abre o pacote e se depara com carunchos, pedrinhas, grãos de milho… Então ele pesquisa a marca e descobre que eles pagam mal seus funcionários, que polui e desmata indiscriminadamente. Qualquer chance de redenção é dizimada. É fundamental que o público admire a marca que elegeu para satisfazer seu desejo ou necessidade, incluindo aí qualidade de produto, o respeito ao universo em que está inserido. Por isso é preciso investir em ações que demostrem que sua empresa está preocupada e comprometida com mais do que apenas vender.

A importância do Plano de Comunicação

O plano de comunicação serve, tanto para lidar com o público externo quanto com o interno. É ele quem vai ajudar a definir os canais, linguagem e formatos que uma marca deve adotar para transmitir, com o mínimo de ruídos, as suas mensagens.

Gostou do artigo? Comente e deixe seus comentários!

Publicado originalmente no site da Agência Boxx


Fonte: Artigos Administradores / O tripé de uma marca sólida: Identidade Visual, Imagem Institucional e Plano de Comunicação

Os comentários estão fechados.