Obstinação (leia teimosia) não é qualidade

Obstinação (leia teimosia) não é qualidade

Quem foi que te falou que teimosia é qualidade? Ou, pior, sinal de superioridade em relação aos “pobres coitados bitolados” que vão contra as suas ideias? Faça um bem a você mesmo e a humanidade, procure um dicionário!

Quem foi que te falou que teimosia é qualidade? Ou, pior, sinal de superioridade em relação aos “pobres coitados bitolados” que vão contra as suas ideias? Faça um bem a você mesmo e a humanidade, procure um dicionário! Segundo o Aurélio, tei.mar 1. vi. Insistir em (por ignorância ou burrice), obstinar-se. 2. vt. Pretender com insistência (cavalar).

Você nunca percebeu que quando sua mãe falou “Ai esse menino está teimoso!” ela estava reclamando de você?

Teimosia é um traço de personalidade de pessoas que são chatas, inconvenientes e acham que têm uma visão mais apurada que a grande maioria. Elas não conseguem entender o aviso dos demais dizendo que neste caminho há um muro gigante que vai fazê-las “quebrar a cara”. Os conselheiros sabem do que estão falando, eles já viveram a mesma história antes. Mas não, o teimoso insiste em achar que com ele vai ser tudo diferente, afinal, sua visão dos fatos é bem mais extraordinária. O fato é, que o teimoso está indo no mesmo caminho com as mesmas atitudes de quem foi anteriormente. É inevitável, “VAI DAR MERDA!”

O  engraçado é que quase igual a isto, mas muito diferente disso há a persistência. Persistência é não desistir diante dos obstáculos; diferentemente do teimoso o persistente busca com humildade caminhos alternativos, buscando um novo modelo com base em fatos.  O persistente não tem como perfil repetir os mesmos erros só porque tem a incapacidade de desfazer a birra.

Se sua mãe falou pra você que aquela pessoa é má companhia, fuja dela. A menos que você queira viver essa história pra ver no que vai dar. Se não, tudo o que você vai conseguir é ver a sua mãe fazendo aquela dancinha enquanto ouve ela cantando:

 “Chora, me liga, implora
Meu beijo de novo
Me pede socorro
Quem sabe eu vou te salvaaaar….” 

e…

  “Eu te avisei
Meu bem, eu te avisei!” 

O que quero dizer é que você deve estar atento à sutil diferença entre ser persistente e burro empacado. Se você analisou profundamente todas as opções e escolheu que a XY é a mais coerente com seus objetivos, siga nela, com a certeza de que está disposto a mudar a rota caso necessário e a ouvir conselhos de quem já viveu bem mais (seja em tempo ou experiência) que você. 

Escolha ser persistente e saia desta teimosia de achar que ser “cabeçudo” te faz melhor em alguma coisa.


Fonte: Artigos Administradores / Obstinação (leia teimosia) não é qualidade

Os comentários estão fechados.