Os 10 hábitos dos analistas de processo ineficientes

Os 10 hábitos dos analistas de processo ineficientes

Reflexão sobre os hábitos que levam analistas de processo à ineficiência

Em meus anos de experiência como Gestora, gerindo Escritório de Processos e por consequência os Analistas de Processo, identifiquei as principais características que garantem o insucesso de sua atuação.

Poderia aqui listar muitos outros, mas vale a reflexão nestes dez mais. Ah e é claro…a reflexão deve ser diária, pois todos nós podemos de algum jeito ou outro, cair em uma destas armadilhas do cotidiano. 

  1. Não se atualizam;
  2. Atualizam-se somente em processos;
  3. Utilizam ferramentas e metodologias como receitas de bolo; engessadas;
  4. Deixam  a empatia em casa;
  5. Subestimam o conhecimento alheio;
  6. Não ouvem ativamente;
  7. Eventualmente Invertem a ordem: Processos/Sistemas;
  8. Iniciam os trabalhos sem planejamento;
  9. Acreditam que somente os “grandes trabalhos de processo” precisam ser planejados;
  10. Esquecem de revisar periodicamente os trabalhos que estão realizando. 


Fonte: Artigos Administradores / Os 10 hábitos dos analistas de processo ineficientes

Os comentários estão fechados.