Para chegar ao cume é preciso enfrentar mais que o ar rarefeito

Para chegar ao cume é preciso enfrentar mais que o ar rarefeito

Seja qual for seu objetivo, pessoal ou profissional, que pareça louco, simples, improvável, absurdo ou impossível, você tem como realizar e conquistar. Não há nada que não possa ser feito ou mudado se aceitarmos a responsabilidade, usarmos o poder que temos e trabalharmos com as nossas mentes

Quando nos damos conta que somos os principais responsáveis pelo que acontece conosco, janelas se abrem, novos caminhos e possibilidades se apresentam.

Realmente não é tão simples, nem rápido e o tempo é bastante individual. Mas, quando entendemos, aceitamos e assumimos o papel de atores principais de nossas próprias vidas e assumimos a responsabilidade pelos resultados que recebemos, recuperamos o nosso poder.

Tem muitos livros sobre doenças e suas causas, que normalmente são criadas em nosso organismo por nossa própria mente, crenças ou padrões repetitivos. Quando tomamos consciência disso, temos o poder de mudar o jogo, recuperar o tempo perdido, alterar o final e interferir positivamente nos diversos contextos em que estamos inseridos.

Independente do tamanho do problema, nossa mente tem o poder de construir, curar, minar ou destruir. E as escolhas são exclusivamente nossas. Como tudo, nossa mente pode ser treinada para pensar mais positivamente e trabalhar ao nosso favor ou ser nosso principal inimigo. Podemos escolher nem tentar, desistir, ou seguir o conselho do vizinho e ainda assim a decisão é nossa. Lembrando que, não fazer nada também é uma escolha e tem suas consequências.

Mas, tudo isso só começa ou tem chance de funcionar se abandonarmos o papel de vitima e aceitarmos a nossa responsabilidade por absolutamente tudo que acontece ao nosso redor. Esta parte pode parecer bastante complicada, porque só você sabe o chefe, pais, esposa, namorado, filhos, trabalho ou marido que tem. O lado bom é que independente de quem sejam eles, você os atraiu para sua vida, os alimenta e mantém. Da mesma forma, que você tem poder para mudar isso a qualquer momento.

Seu chefe ou colega de trabalho tira sua paz somente se você permitir. Você atrai sempre companheiros agressivos, porque sua mente criou e aceitou este padrão em algum momento lá atrás e você acredita que é isso que você merece e deve aceitar. Seus amigos só reclamam e trazem problemas, porque provavelmente você está vibrando nesta mesma energia, todos vocês devem se sentir vítimas das circunstâncias. Sua autoestima está baixa porque desde pequeno você recebeu mais ofensas e críticas do que elogios, então hoje você carrega este sentimento e tem dificuldade de confiar e aceitar a si mesmo.

Seja qual for a condição, a história, ou as crenças é possível mudar e é possível fazer isso sozinho. Mesmo que o ambiente jogue contra, o marido atrapalhe e o trabalho seja caótico, você pode virar o jogo, começando por aceitar que atrai e de certa forma aceita tudo que acontece com você.

Se você está há anos no mesmo emprego, e se considera infeliz e azarado procure mudar seus padrões de pensamento. Será que você está atraindo novas oportunidades? Será que você acredita que é possível ou seus medos bloqueiam? Sua vibração está mais para o novo ou para mais do mesmo? Você acha que merece mudar?

Assumir a responsabilidade. Ser o protagonista. Se tornar o artilheiro. Como autor mudar a própria história quantas vezes forem necessárias.

Como um alpinista mais ou menos experiente, se decidir que a próxima meta é escalar o temido Everest precisará de preparo. E também de dinheiro, equipamento adequado, planejamento, escolher uma boa equipe, treino físico e mental. Será preciso coragem, paciência, vencer muitos medos, dor, ar rarefeito, trabalhar progressivamente, consistentemente e não desistir no primeiro acampamento. Para chegar ao cume, além de tudo, o que mais vai contar é o trabalho mental que envolve confiança, equilíbrio, foco, autoconhecimento, aceitação e persistência. Para quem vê o copo meio vazio, provavelmente vai pensar no número de pessoas que morreram tentando, mas, para quem vê o copo meio cheio vai se motivar visualizando as histórias de alpinistas que saíram vitoriosos e fincaram suas bandeiras no topo e depois voltaram felizes para suas famílias.

Seja qual for seu objetivo, pessoal ou profissional, que pareça louco, simples, improvável, absurdo ou impossível, você tem como realizar e conquistar. Não há nada que não possa ser feito ou mudado se aceitarmos a responsabilidade, usarmos o poder que temos e trabalharmos com as nossas mentes.

“Nunca deixe que lhe digam
Que não vale a pena acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança.” (Trecho da música Mais uma Vez, de Renato Russo).


Fonte: Artigos Administradores / Para chegar ao cume é preciso enfrentar mais que o ar rarefeito

Os comentários estão fechados.