Passo 4 – Administre seu tempo… mas administre também a qualidade do seu tempo

Passo 4 – Administre seu tempo… mas administre também a qualidade do seu tempo

Mais importante do que quantas coisas conseguimos fazer no nosso dia e o quanto conseguimos ser produtivos, é a qualidade com que conseguimos fazer o que realmente é importante para nós

Mais importante do que quantas coisas conseguimos fazer no nosso dia e o quanto conseguimos ser produtivos, é a qualidade com que conseguimos fazer o que realmente é importante para nós.

Quando o seu dia chegar ao fim, ao invés de se perguntar se foi um dia produtivo, pergunte-se se foi um dia satisfatório e significativo.

É importante para todos nós sermos produtivos no dia a dia? Sem dúvida nenhuma é muito importante.

A questão é que antes da produtividade vem o prazer, a satisfação, o significado.

Ter um dia muito produtivo é bom para a mente, mas não necessariamente é bom para o coração, para o espirito e para seu corpo.

Agora, ter um dia satisfatório é bom para essas quatro partes. Um dia assim inclui a produtividade e a administração bem feita do seu tempo (mente), mas também inclui atenção e cuidado com sua saúde para não cometer exageros e ampliar sua qualidade de vida (corpo), estar na maior parte do tempo com um estado emocional agradável, aproveitando cada momento perto das pessoas que são importantes para você (coração) e também fazer alguma coisa que dê vontade de fazer, que dê significado, que esteja conectado com aquilo que você é, com seu propósito (espírito).

Percebeu a diferença?

Se isso fizer sentido para você como faz para mim, a cada dia faça as quatro reflexões abaixo:

1)      Mente – Hoje foi um dia produtivo? Consegui fazer as coisas que eram importantes? Aproveitei bem o meu tempo? Como posso melhorar amanhã?

2)      Corpo – Hoje cuidei da minha saúde seja fazendo uma atividade física em algum momento do dia e/ou cuidando da alimentação (consumindo alimentos mais saudáveis e nutritivos)? Estou satisfeito com minha saúde? Se não estiver satisfeito, o que posso fazer para começar a mudar isto a partir da amanhã?

3)      Coração – Tratei todas as pessoas que encontrei hoje bem? Passei algum tempo com as pessoas mais importantes da minha vida (esposa, marido, filhos, …)? Durante esse tempo, independente de quantos minutos ou horas foram, dediquei 100% da minha atenção, do meu amor e carinho a eles? Terminei meu dia com o coração em paz? Separei pelo menos alguns minutos (no metrô, no ônibus, em casa, …) para relaxar a mente e escutar meu coração (intuição)? Caso tenha faltado alguma destas coisas, como posso fazer diferente amanhã?

4)      Espírito – Hoje fiz coisas que têm significado para mim? O que fiz hoje está alinhado com meu propósito de vida? Trabalhei com motivação / significado? Se não, o que preciso fazer para mudar isto?

Está na hora de começarmos a fazer mais do que administrarmos nosso tempo. Está na hora de começarmos a administrar a nossa vida por completo, sem separá-la em partes, sendo aquilo que somos em todas as áreas, buscando significado em tudo ao invés de nos contentarmos com o que já temos. Somos muito mais do que indivíduos que trabalham, estudam, buscam metas; somos indivíduos que vivem, que aproveitam cada dia como um dia especial, que abraçam o mundo e as oportunidades que são felizes e plenos.

A partir de agora, vamos substituir “buscar nossas metas” por “buscar nossa plenitude” todos os dias. Nesse caminho podemos acabar descobrindo que nossa plenitude já contempla nossas metas e muito mais.

Seja feliz, seja pleno, valorize cada momento e aproveite todas as oportunidades para crescer, evoluir e se desenvolver, tanto mentalmente como fisicamente, emocionalmente e espiritualmente. O significado é que faz a vida.


Fonte: Artigos Administradores / Passo 4 – Administre seu tempo… mas administre também a qualidade do seu tempo

Os comentários estão fechados.