Pense CRM fora da caixa (de software)

Pense CRM fora da caixa (de software)

Calma! Antes de pensar que sou contra os softwares, saiba que concordo que eles são essenciais no CRM. Sem os softwares e as diversas tecnologias atuais não conseguiríamos desenvolver soluções de CRM incríveis, muito menos trabalhar o Big Data

Calma! Antes de pensar que sou contra os softwares, saiba que concordo que eles são essenciais no CRM. Sem os softwares e as diversas tecnologias atuais não conseguiríamos desenvolver soluções de CRM incríveis, muito menos trabalhar o Big Data.

O título está focado nos softwares que se propõem ao famoso “é só clicar e arrastar”, que trazem a implantação CRM a um nível tão simplista que deveriam estar naquela série de livros com títulos em inglês, cuja melhor tradução seria a simpática “CRM para iniciantes”. Esse tipo de abordagem ao CRM já atrapalhou muito – e continua atrapalhando – o trabalho dos profissionais sérios em nossa atividade.

Não são poucos os casos de empresas que compraram esse modelo de CRM e depois descobriram que o “clica e arrasta” não era bem assim. É como o sentimento de uma criança que queria o Lego, mas que acabou ganhando um Playmobil.

Então, se o principal pilar do CRM é fazer algo único para cada indivíduo, para cada caso, para cada empresa, como um software que foi idealizado para atender milhares de empresas ao mesmo tempo, pode funcionar para uma necessidade específica? A resposta é: NÃO PODE! No máximo ele vai atender a uma necessidade genérica.

Minha recomendação para todos os profissionais e empresas que pretendem implantar um projeto de CRM eficiente é: pense fora da caixa de software. Procure empresas especializadas no assunto, que sejam capazes de ajudar no desenvolvimento e na entrega de um projeto completo, que contemple o tripé Data + B.I. + Criação.

E mais do que isso. Para um projeto de CRM funcionar, você irá precisar também de um time multidisciplinar, uma equipe de desenvolvimento capaz de apresentar uma solução feita sob medida para sua empresa.

Mas e o custo?

Oras, o custo de soluções “fora da caixa”, ao contrário do que se pensa normalmente,  tende a ser muito inferior, já que você não compra uma licença de software mas, sim,  uma solução completa que não possui custos escondidos.

E o prazo?

O prazo é outra história engraçada. Comprar o software é rápido, todos concordamos. Já sua implantação, invariavelmente, tende a ser muito longa exatamente pela questão da personalização. Ou seja, mais um ponto para uma solução exclusiva.

Aí alguém pergunta: “mas se é mais barato e mais rápido, e ainda está sob a batuta de especialistas, minha chance de errar e de perder dinheiro com meu CRM é menor?”

A resposta é: parabéns! Você já está pensando fora da caixa.


Fonte: Artigos Administradores / Pense CRM fora da caixa (de software)

Os comentários estão fechados.