Perceba-se para se comunicar melhor

Perceba-se para se comunicar melhor

O outro dá pistas de que não quer mais se relacionar e você continua se comunicando de forma equivocada?

De que forma você se comunica quando o outro comunica que não quer. Não quer conversar, não quer negociar, não quer se relacionar, não quer nada!

Todo comportamento é uma forma de comunicação. Se você grita, arranca os cabelos, xinga, condena, se revolta…você está se comunicando. Se você cruza os braços, cala a boca, vira as costas e vai embora você também está se comunicando. Sempre você está comunicando um sentimento. O que arde por dentro no coração é traduzido em palavras ou gestos ou no silêncio.

No mundo corporativo, na relação fornecedor cliente, a dúvida cruel é: até quando posso fazer o tal follow-up em que peço algum retorno da proposta enviada. Se o cliente não responde significa que não quer, que não aceitou o orçamento? Eu já fechei vários contratos depois de 2 anos do primeiro contato, sem ter me relacionado com o cliente nesse período pelo constrangimento de ficar perturbando. O que pareceria falta de interesse se revelou o tempo necessário para definir sobre a contratação. E eu achando que já tinha perdido o trabalho.

Na vida pessoal, a dúvida é mais cruel ainda: pela falta de feedback consistente, muitas vezes fazemos conclusões precipitadas sobre a postura do outro. Então quais são as evidências de que o outro não quer mais, mesmo que ele não seja claro? Vou eleger três:

falta de constância: a pessoa que te procurava sempre, já não procura mais ou agora com pouca frequência

falta de interesse: a pessoa que antes te dava tanta atenção, agora tem outro foco.

falta de objetivos comuns: a pessoa que fazia planos com você, agora só pensa em fazer tudo sozinha.

Perceba que falta TUDO. As pistas são claras. E pela ânsia e medo de perder a companhia do outro, a gente as vezes não enxerga o que está tão na cara e continua se comunicando de forma equivocada.

É claro que o outro poderia escancarar a verdade, não é mesmo? Mas a autenticidade não é virtude popular; a honestidade tampouco. As pessoas têm medo de magoar, e magoam.

O que a gente deve ficar atento é pra não se magoar. Em primeiro lugar, você! Por isso ouça seus sentimentos, perceba as pistas que o outro te dá. Veja que é um movimento de dentro pra fora e de fora pra dentro. Eu olho e sinto em mim e também no outro. E assim posso fazer uma análise do real e do que é imaginário; do que é fato e do que é alucinação da minha mente, especulação.

Dessa forma, se percebendo, você vai avançando na comunicação e pode ter mais benefícios nas relações pessoais e profissionais.

 


Fonte: Artigos Administradores / Perceba-se para se comunicar melhor

Os comentários estão fechados.