Planejamento e Controle da Produção

Planejamento e Controle da Produção

A utilização adequada do planejamento e controle da produção faz com que a empresa trabalhe de forma mais otimizada, ou seja, o PCP auxilia o administrador, desde a hora da escolha da matéria-prima, até chegar ao produto acabado.

Segundo Chiavenato o planejamento da produção (PP) é vital para o sucesso da empresa fundamenta-se na previsão de vendas como base no que a empresa pretende colocar no mercado e na capacidade de produzir. Com esses dois pontos de fundamentação, o PP programa as máquinas, as matérias-primas e a mão de obra para extrair desse conjunto de recursos um resultado de produção que seja compatível com a sua capacidade de produção e com a previsão de vendas, descontando eventuais estoques de produtos acabados disponíveis.

Sendo assim fica evidente que nenhuma empresa deve funcionar a base do improviso, nada deve ser feito aleatoriamente. Tudo deve ser planejado antecipadamente para evitar desperdícios, perdas de tempo, atrasos ou antecipações desnecessárias. Sendo assim planeja-se para as coisas certas e também para incertas para tornar decisões mesmo sem saber se vai dar certo no futuro.

Para poder funcionar satisfatoriamente, o PCP exige um enorme volume de informações, ou seja, esta ferramenta recolhe dados e produz informações incessantemente. Portanto trata-se de um centro de informações para a produção. É neste sentido, que o PCP apresenta três fases principais: projeto de produção, planejamento da produção e controle da produção.

Projeto de Produção: Conhecido como pré-produção ou planejamento de operações, o projeto de produção constitui a primeira fase do Planejamento e Controle da produção, nesta fase procura-se definir como um sistema de produção funciona e quais as suas dimensões, com o propósito de estabelecer os parâmetros do PCP. Nesta fase o projeto de produção é relativamente permanente e sofre poucas mudanças com o tempo, a não ser que ocorram alterações com a aquisição de novas máquinas ou novas tecnologias.

Planejamento da Produção: O planejamento da produção é vital para o sucesso da empresa, pois se fundamenta na previsão de vendas como base no que a empresa pretende colocar no mercado e na capacidade de produzir. Sendo assim o analista de PCP programa máquinas, as matérias – primas e a mão de obra para extrair deste conjunto recursos um resultado que seja de fato compatível com a capacidade de produção e com a previsão de vendas, descontando eventuais estoques e produtos acabados disponíveis.

Controle da Produção: O controle é uma das funções administrativas mais importantes, pois ela consiste em medir e corrigir o desempenho, para assegurar que os objetivos da empresa sejam atingidos. Sendo assim a tarefa do controle é verificar se tudo está sendo feito conforme o que foi planejado e organizado e de acordo com ordens dadas. É processo cíclico e repetitivo, à medida que ele se repete, a tendência é fazer com que as coisas controladas se aperfeiçoem e reduzam seus desvios em relação aos padrões desejados. Com o passar do tempo e com os repetidos ciclos de produção, a tendência do Controle da Produção é conseguir gradativamente o aperfeiçoamento do processo produtivo. 

REFERÊNCIAS: CHIAVENATO, Idalberto. Planejamento e Controle da Produção. 2. ed. Barueri- SP: Manole, 2008.

 


Fonte: Artigos Administradores / Planejamento e Controle da Produção

Os comentários estão fechados.