Por que a maioria das empresas têm prazo de validade

Por que a maioria das empresas têm prazo de validade

A empolgação sem planejamento vira a inimiga do sucesso. Veja dicas para não cair nessa!

Que o atual cenário da economia brasileira vem causando preocupação para a maioria da população não é novidade para ninguém. O desemprego, o encolhimento da economia , e muitos outros fatores estão sendo vivenciado diariamente por todos os brasileiros. E infelizmente não ha previsão de melhora para tal situação.

De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), 700 mil brasileiros devem perder o emprego em 2016, o que representa um crescimento de 7,7% do desemprego. E para driblar esse cenário, muitos recorrem a abertura de um negócio próprio.

A concretização do sonho de grande parte dos empregados de virar patrão torna-se mais próximo com o valor recebido na rescisão de trabalho, ou mesmo com a impressão de que para fugir da crise esse seja o momento de investir todas as economias e empreender. O problema é que em muitos casos a empolgação sem planejamento vira a inimiga do sucesso. Listei alguns itens que entendo serem importantes tanto para quem já tem uma empresa quanto para quem enxerga o empreendedorismo como fator chave para o sucesso.

Cautela

Construir um negócio ou dar continuidade requer paciência, disciplina e discernimento para tomar decisões assertivas. Uma empresa não pode ser construída da noite para o dia, em tempos de crise é necessária cautela para não pode pôr tudo a perder. Não devemos construir nada com base no famoso “Achismo” todo cuidado é pouco.

Visão clara do negócio

Já é de conhecimento público a importância de conhecer quem são seus concorrentes diretos e indiretos, conhecer seu mercado de atuação, seu público-alvo, fornecedores, custos fixos e variáveis, localização, etc. Mas não custa lembrar, Antes de abrir uma empresa, é preciso estudar e pesquisar todos os aspectos que envolvem o negócio..

Conhecimento em gestão empresarial

Os dois primeiros anos de atividade de uma nova empresa são os mais difíceis, o que torna esse período o mais importante em termos de monitoramento da sobrevivência. Após esse período as empresas se tornam mais experientes em seu mercado e com mais maturidade. Daí a importância de uma boa gestão e planejamento que muitas vezes são deixados de lado pela maioria dos empreendedores.

Por fim a tarefa não é simples, com vimos mas o fato de uma empresa apresentar as características que demonstraram ser de suma importância para sua sobrevivência não garante que ela seja bem-sucedida no futuro, muito embora, nos dias atuais, sobreviver já seja sinônimo de sucesso para algumas empresas.


Fonte: Artigos Administradores / Por que a maioria das empresas têm prazo de validade

Os comentários estão fechados.