Por que o EAD vai muito além de um ambiente virtual de ensino

Por que o EAD vai muito além de um ambiente virtual de ensino

Dados do Censo de Educação Superior indicam que 14,7% dos universitários estão matriculados em cursos à distância

Nos dias atuais, sabemos que a disseminação de informação e conteúdo não depende apenas de aulas presenciais, e o grande responsável por tal mudança é a Educação À Distância (EAD). Atento as novas formas de comunicação, o mercado de EAD vem apostando nos vídeos online como uma ferramenta essencial para a circulação de conhecimento com seus alunos.

O desenvolvimento da internet, por exemplo, contribuiu para o rápido crescimento do EAD no Brasil. Esse fato permitiu com que informações pudessem ser divulgadas com mais agilidade e precisão utilizando ferramentas de baixo custo. De acordo com dados do Censo de Educação Superior, dos 6,7 milhões de universitários brasileiros, 14,7% estão matriculados em cursos à distância.

Muitas instituições de ensino encontraram nos vídeos online a possibilidade de ampliar suas fronteiras e deixar de lado a metodologia do uso de circuitos fechados de TV, que muitas vezes exige a presença do aluno em uma sala de aula cumprindo horário estabelecido.

Em uma era que todo mundo passa mais tempo conectado, aqueles que não se adaptam, acabam ficando para trás em relação aos outros que estão ligados às novas tendências e tecnologias. Conectar o lazer diário desses alunos à sala de aula pode ser considerado o maior investimento das escolas que visam usar a tecnologia em prol da educação.

Os benefícios associados ao EAD são inúmeros e podemos listar alguns aqui, como, por exemplo, mais flexibilidade de tempo, economia de deslocamento, métodos de aprendizagem, novas experiências, além da possibilidade de estudar em casa com métodos inovadores em conjunto com tecnologias de ponta.

Segundo estudo feito pela Associação Brasileira de Ensino à Distância (ABED), em 2013, 64,6% das instituições indicaram que houve um aumento de em média 35% dos investimentos em EAD. Esse dado mostra que o segmento permitiu a expansão da oferta na educação para pessoas que antes não tinham poder aquisitivo para estudar.

Para finalizar, acredito que as novas tecnologias de EAD têm contribuído muito e forçado algumas instituições e gestores a repensar nas práticas utilizadas na própria educação presencial, influenciando os alunos a conhecer e investir na nova onda de inovação.

* Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech


Fonte: Por que o EAD vai muito além de um ambiente virtual de ensino

Os comentários estão fechados.