Por que ter funcionários empreendedores?

Por que ter funcionários empreendedores?

Um mundo novo está surgindo. O desafio é criar empresas que permitam que as pessoas façam acontecer

Nesse artigo, gostaria de gerar uma reflexão sobre a importância da inovação dentro das instituições através dos empreendedores, e também de suas complexidades em desenvolver determinadas transformações dentro das organizações.

Confesso que é um assunto que me fascina, principalmente pelo fato de vivermos em uma metamorfose onde tudo se transforma o tempo todo e numa velocidade incrível, não é mesmo? O que hoje pode ser algo extraordinário, amanhã pode se tornar obsoleto.

É evidente que vivemos sob novas circunstâncias, o que pressupõe novas maneiras de enxergar o mundo, uma nova postura a fim de atingir os resultados propostos. Haja vista que o “sucesso do passado não garante êxito do presente tampouco do futuro”.

Vamos lá! Cada vez mais o mundo empresarial precisa de pessoas com perfil empreendedor. É isso mesmo! PESSOAS EMPREENDEDORAS, com letras maiúsculas.

Empreendedorismo não diz respeito apenas às pessoas que possuem seu próprio negócio. O profissional com espírito empreendedor dentro das Instituições é um recurso muito valioso, dentre as características desse profissional podemos destacar: Foco em resultados, necessidade de  inovar, faz acontecer, liderança e visão/postura de dono.

Saber distinguir e potencializar essas características entre os colaboradores cria uma excelente oportunidade de expansão para qualquer negócio.

Sendo assim, possuir uma esfera onde estas pessoas possam se desenvolver, se sentir realizado e utilizando seu potencial pode levar muito longe!

 Peter Druker, meu guru predileto sintetiza que: “A essência do empreendedor é transformar idéias inovadoras em ações lucrativas, já que o empreendedor vê nas mudanças as oportunidades de negócios”. Mas será que as organizações estão preparadas para se manterem empreendedoras e inovadoras nesse mundo disruptivo em que vivemos? Eis a questão. Na maioria dos casos, a resposta é não! Sabe por que?

No ambiente organizacional, muitas vezes a pressão do dia a dia, tende a nos deixar em uma posição “confortável” diante do cenário na qual estamos, dessa forma, acabamos sendo guiados a desenvolver sempre as mesmas coisas como se tivéssemos no “piloto automático”.

Além disso, muitas vezes, é possível perceber que a oportunidade de inovar e se diferenciar é vista com uma certa preocupação pelos gestores que preferem se manter “na zona de conforto” de uma rotina pré-determinada, a arriscar em um lugar desconhecido“.

E que muitas vezes se utiliza de frases clichês cheios de efeitos para assegurar a sua posição de “statos quo”.

 “Sempre fizemos desse jeito, por que mudar?”.

“Nunca tentamos isso antes, por que agora?”.

 “De onde você tirou essa idéia maluca?”.

“Suas idéias não se aplicam na nossa empresa.”

Atitudes como essa, no entanto, podem por em risco a sobrevivência da companhia. Principalmente pelo fato de estarmos vivendo um cenário econômico turbulento em nosso país.

Fica evidente que as empresas precisam de mais pessoas empreendedoras que façam acontecer, que tenham uma “postura de dono” e que saiam da zona de conforto. Independente de suas competências.

Você é empreendedor? O que acha?

 


Fonte: Artigos Administradores / Por que ter funcionários empreendedores?

Os comentários estão fechados.