Presidiário passa no vestibular e se emociona ao descobrir que poderá frequentar aulas

Presidiário passa no vestibular e se emociona ao descobrir que poderá frequentar aulas

Justiça decidiu que ele poderá ir à faculdade sem escolta, monitorado pela tornozeleira

Adriano Almeida, de 23 anos, que cumpre pena em regime fechado, poderá frequentar as aulas da faculdade para a qual foi aprovado através do Enem, graças à revisão da Justiça quanto à decisão de só liberá-lo para aulas com escolta. O juiz da Vara Criminal, Hugo Torquato, foi o responsável pela revisão e liberou Almeida para ir à faculdade monitorado somente pela tornozeleira. Ele prestou o Enem 2014 e, na terceira chamada do Sisu, passou para o curso de engenharia agronômica da Universidade Federal do Acre (Ufac). Almeida foi condenado a nove anos de prisão por tráfico de drogas.

Ao tomar conhecimento da resolução do juiz, Almeida emocionou-se, segundo reporta o G1. “Fico muito feliz. Não sei nem o que falar, a emoção é grande, não vou decepcionar ninguém, nem a mim, minha família, nem a Justiça que está me dando esse voto de confiança. Vou agarrar essa oportunidade com os pés e mãos. Isso representa mais que tudo. Não sei nem como agradecer o juiz por ter me dado esse voto de confiança. Quando me formar, irei lhe procurar para agradecê-lo por estar me abrindo as portas para que eu possa estudar agronomia. Hoje é um dia muito especial para mim”, falou, entre lágrimas, ainda segundo o G1.

O juiz Hugo Torquato afirmou que um dos principais pontos em favor de Adriano Almeida foi o fato de que ele teve uma oportunidade de fuga da prisão, mas não fugiu. Além disso, Torquato ressaltou a necessidade da educação como ferramenta estratégica de ressocialização de detentos. “Não consigo ver uma forma mais adequada do que o estudo para ressocializar um preso. Consideramos que ele é merecedor de uma recompensa pelo bom comportamento que tem”, declarou.


Fonte: Notícias Administradores / Presidiário passa no vestibular e se emociona ao descobrir que poderá frequentar aulas

Os comentários estão fechados.