Profissionais de RH: vamos repensar nossos modelos?

Profissionais de RH: vamos repensar nossos modelos?

Neste artigo, abordo os aspectos nos processos de recrutamento de candidatos e convido os profissionais de RH à uma reflexão importante

Tenho refletido acerca da forma que alguns profissionais de Recursos Humanos têm adotado nas tratativas com os candidatos.

Quero falar da forma adotada por alguns profissionais na divulgação de vagas. E isso me preocupa, já que nos dispusemos a trabalhar com pessoas…

Primeiro, muitas vagas são divulgadas com pouquíssimas informações ou detalhes que faria toda a diferença se fossem consideradas.  Cito como alguns exemplos o salário; ainda que a empresa não queira revelar os salários praticados, uma boa dica seria pelo menos informar uma faixa salarial próxima para que os interessados possam se candidatar. E os que estiverem buscando outras faixas possam poupar tempo e dinheiro com deslocamento para entrevistas, testes, dinâmicas e etc.

Outro fator importante também é o perfil da vaga, detalhes das atividades (ao menos um mini relato das reais atividades) facilitaria tanto a vida do candidato quanto da empresa. Ao candidato por poder conhecer e decidir se deseja se candidatar  e à Empresa / Consultoria por receberem profissionais dentro do perfil buscado.

Mas, tem aqueles profissionais que até divulgam a vaga com os detalhes, porém ao indicarem a forma de recebimento de currículos usam uma expressão extremamente deselegante: “CURRÍCULOS FORA DO PERFIL SERÃO DESCARTADOS”.  Sim, o pior é que fazem questão de enfatizar ao máximo…

Minha pergunta é simples: O que houve com a educação e cordialidade?

Digo isto porque se estivesse buscando uma recolocação no mercado de trabalho e visse um anúncio com tal expressão não enviaria meu currículo nem se estivesse dentro do perfil por ela descrito. E sabem por quê? Porque penso que o Recursos Humanos é a porta de entrada da empresa, logo isso já dá o tom de como são tratados os colaboradores dali…

Quando vi uma expressão desta pela primeira vez fiquei chocada com a dureza das palavras empregadas naquela frase. Mas, para minha surpresa, passou a ser utilizada com muita frequência, infelizmente, pelos profissionais ao divulgarem suas vagas…

Entendo que o profissional quer apenas examinar os currículos para as vagas anunciadas, mas precisa ser tão rude? A meu ver, não mesmo!

Fico imaginando de onde possa ter vindo isso… Tive um palpite: Certa vez alguém divulgou uma vaga específica e recebeu muitos e muitos currículos para outros cargos. Isso o (a) deixou muito nervoso (a), irritado (a) mesmo… Daí, quando da próxima divulgação, ainda no “calor do episódio desgastante” resolveu postar a famigerada frase: “Currículos fora do perfil serão descartados”.

Isso poderia ter sido apenas um desabafo de um profissional estressado, mas o que aconteceu?  Alguns outros profissionais acharam que era uma nova “moda” e passaram a utilizar a mesma prática…

Minha dica aqui aos Colegas Recrutadores e Gestores de Pessoas, vamos repensar o que adotamos como modelo para nossa profissão!

Busquemos tratar as pessoas com dignidade. Não nos esqueçamos de que não há processo seletivo sem pessoas…

Vamos praticar mais a gentileza e a empatia… Como gostaríamos de ser tratados? Se pensarmos nisso, acertaremos, sem dúvida, o tom para lidar com pessoas.


Fonte: Artigos Administradores / Profissionais de RH: vamos repensar nossos modelos?

Os comentários estão fechados.