Rede social de sexo brasileira prepara expansão internacional

Rede social de sexo brasileira prepara expansão internacional

Sexlog anunciou entrada nos EUA e na Itália

Há 5 anos, quando nem se cogitava a existência de algo como o Tinder, uma rede social brasileira chegava à internet com o objetivo de reunir pessoas interessadas em sexo. Hoje, o Sexlog é a maior rede adulta da América Latina e está investindo pesado para levar seus serviços aos Estados Unidos e Itália. No Brasil, o Sexlog, que conta com uma equipe de 40 funcionários, acumula quase 5 milhões de usuários e mais de 3 mil novos cadastros por dia, segundo seus próprios dados.

Em comunicado à imprensa, a empresa afirma que “além de o mercado americano ser o maior consumidor de pornografia do mundo, a empresa optou por começar a implantação do serviço também por conta da alta demanda de norte-americanos que tentavam se cadastrar na versão
brasileira do site, com mais de 20 mil acessos por mês vindos de lá. A operação internacional começará oficialmente no final de agosto.

Para a diretora de comunicação do Sexlog, Mayumi Sato, apesar de o mercado de entretenimento adulto americano ser o maior do mundo, não existem serviços como o da rede social brasileira lá. “Os sites concorrentes lá são especializados em fetiches bastante específicos ou possuem muitas propagandas, além da prática comum de cadastrarem perfis fakes. Nosso objetivo é construir uma base sólida de pessoas reais e abertas a novas aventuras, como já ocorre no Brasil”, explica Mayumi.

Em setembro, o site começa a funcionar também na Itália. O critério adotado para a escolha do país na estratégia de expansão foi motivado pelo expressivo número de praticantes de swing (troca de casais) no país, além do comportamento sexual bem parecido com o do brasileiros, segundo avaliação da empresa.

Com a expansão para a região do dólar e do euro, a expectativa é dobrar o faturamento da empresa nos próximos dois anos. A empresa não divulgou números oficiais, mas afirma que fatura “alguns milhões” por ano.

“Nosso investimento em marketing para que o site ganhe mercado nesses dois países é alto, mas isso não quer dizer que vamos descuidar dos nossos serviços por aqui”, conta Mayumi.

“Nosso principal diferencial das outras redes sociais e aplicativos adultos é que ouvimos nossos usuários e damos todo o suporte necessário para que possam se divertir em nosso ambiente da maneira que preferirem”,completa.

 


Fonte: Rede social de sexo brasileira prepara expansão internacional Notícias Administradores Rede social de sexo brasileira prepara expansão internacional

Os comentários estão fechados.