Renda gerada com venda de vinis ultrapassa serviços como Spotify e YouTube

Renda gerada com venda de vinis ultrapassa serviços como Spotify e YouTube

Vinis já representam quase um terço das vendas de música em formato físico nos Estados Unidos

Estamos vivendo em uma época onde cantores estão retirando suas músicas do Spotify, devido ao alto nível de insatisfação com os poucos lucros gerados pelo serviço de streaming. Com isso, mercados alternativos como os de vinis estão se tornando a nova moda do momento.

De acordo com o relatório divulgado pela RIAA — Recording Industry Association of America — nos Estados Unidos, os serviços de streaming online de música geraram US$ 163 milhões no primeiro semestre deste ano, enquanto a venda de vinis rendeu US$ 222 milhões.

Mesmo sendo um produto direcionado para um público mais específico e mais caros que os CDs comuns, os vinis já representam quase um terço das vendas de música em formato físico. Em 2014, as vendas de vinis aumentou 52% – uma porcentagem bem acima para qualquer outro formato -, enquanto os CDs encolheram suas vendas em um terço.


Fonte: Notícias Administradores / Renda gerada com venda de vinis ultrapassa serviços como Spotify e YouTube

Os comentários estão fechados.