Saiba que em qualquer discussão sempre haverá os dois lados da moeda

Saiba que em qualquer discussão sempre haverá os dois lados da moeda

Se queremos um país mais justo, mais humano, sem corrupção, precisamos também resgatar valores que contribuem para a convivência, entre eles, a tolerância

Em tempos de discussões políticas afloradas, onde muitos deixam de ser amigos e outros se desentendem por terem pensamentos distintos, onde a opinião alheia não é, na maioria das vezes, respeitada, sinto que preciso me expressar frente aos acontecimentos.

Na verdade, tem-se percebido não uma discussão ideológica que respeita os limites do bom senso e da individualidade alheia.Pelo contrário, percebe-se a falta de respeito e ignorância de muitos que se dizem a favor da moral e dos bons costumes.

As redes sociais, democráticas por natureza, deram ao cidadão comum a chance de opinar e noticiar fator, poder antes restrito à mídia tradicional, dita 4º. poder. Este direito empoderador vem sendo usado para o bem quando transforma simples pessoas em agentes que descobrem o paradeiro de sequestrados, que se unem em prol de uma causa justa, quando mobilizam a opinião pública para causas de interesse geral da nação.

Todavia, como nos dizia Marshall, o meio não é bom ou ruim, a utilização dele pelas pessoas que o determina; e, infelizmente, as redes também são utilizadas para incitar o ódio, o racismo, a homofobia. E, ultimamente, a discussão partidária, na maioria das vezes, inconsistente.

Não quero me aprofundar nos fatos, nem dar ganho de direitos a uma das partes, muito menos aqui demonstrar meu ponto de vista frente à situação política dos atuais partidos. Quero apenas propor uma análise de forma que possamos retomar nossa habilidade de “seres pensantes”, únicos na natureza, por sinal, e que deixemos de lado críticas, discussões agressivas e partamos para o diálogo aberto, que pressupõe o respeito e a tolerância ao pensamento alheio.

Por fim, queria me igualar dizendo que muitas vezes não me sinto à vontade ao ler opiniões contrárias a minha. Contudo, respeito-as, não comento na timeline da pessoa e, se algo me ofende, clico na opção “deixar de seguir”, opção esta que, graças a tecnologia, me dá o direito de receber ou não alguma postagem.

Se queremos um país mais justo, mais humano, sem corrupção, precisamos também resgatar valores que contribuem para a convivência, entre eles, a tolerância. Espero, sinceramente, que independente de impeachment, de cadeia aos corruptos, de punições diversas, possamos aprender que em qualquer sociedade, e sob qualquer assunto, é possível sim discordar, é possível sim expressar sua opinião sem receber insultos, afinal, estamos em uma democracia. Desta forma, aceitando o outro, não veremos mais casos como o da mãe que foi expulsa do face porque não aceitou o “desafio da maternidade”, nem tão pouco uma que foi repudiada por expressar sua opinião sobre padrão de beleza pós-parto.

O que importa, na verdade, é pensar! É saber realmente o que é bom ou não para Você! E que se algo não lhe faz bem, existe sim a chance de mudar, pois, afinal, sempre existirá o outro lado, ou melhor, os dois lados da moeda.

Paz e bem.


Fonte: Artigos Administradores / Saiba que em qualquer discussão sempre haverá os dois lados da moeda

Os comentários estão fechados.