Secretária: qual perfil contratar?

Secretária: qual perfil contratar?

Este artigo é destinado à Profissionais de Saúde que precisam contratar uma Secretária. Está na dúvida quanto ao perfil da profissão? Este artigo pode lhe ajudar

Antes de começar este artigo de fato, devo dizer que este não é um texto preconceituoso que tem por objetivo impor uma opinião. Este é apenas um artigo que expõe os prós e contras de um profissional de saúde contratar secretárias mais ou menos experientes, para que na hora da contratação, consigam ter uma ideia mais global do que lhes espera.

Talvez devemos começar por um raciocínio bastante simples, mas que faz muita diferença: Mais idade não significa, necessariamente, mais experiência profissional. Por isso, é importante não formular rótulos antes de realizar a própria entrevista, pois isso pode mascarar as suas verdadeiras percepções sobre quem está contratando. É comum mulheres entre 17 e 30 anos com uma vasta experiência em clínicas e consultórios médicos e odontológicos, ou mesmo mulheres com mais de 40 anos que nunca trabalharam com profissionais de saúde.

Mas então vamos lá, por que contratar uma pessoa mais madura para este cargo que é o coração de seu negócio? Mulheres maduras, como o nome já denuncia, possuem um controle emocional mais apurado. Sim, elas são capazes de lidar muito bem com situações constrangedoras, contornam as situações mais “chatas” e tem um senso de responsabilidade, geralmente, bastante apurado. Além disso, costumam “vestir a camisa” do seu negócio de uma maneira muito bonita, assim como foram ensinadas quando iniciaram suas vidas profissionais. Pessoas maduras costumam possuir qualidades como a autoconsciência, a autopercepção e a autoavaliação das emoções, qualidade que os mais jovens ainda não possuem. Elas geralmente tem filhos já não tão dependentes e por isso conseguem se dedicar mais integralmente às atividades da clínica. Lembre-se, existem exceções, mas são estas que confirmam a regra.

Por outro lado, pessoas mais jovens estão ávidas a aprender. Estão iniciando suas carreiras, muitas vezes estudando, e querem muito se sentir parte do meio em que estão inseridos. Pessoas mais jovens tem muito a ensinar, e se o profissional souber ouvir, terá consigo um bom parceiro. Além disso, os mais jovens costumam ser mais flexíveis, se adaptam à mudanças com grande facilidade e aprendem com muita rapidez os processos de um negócio. É possível citar também que profissionais mais jovens possuem muita energia e o fato de, muitas vezes, ainda não terem constituído família, lhes dá mais liberdade para abraçar o trabalho sem algumas preocupações pertinentes às mães de família.

Importante salientar que existem características fundamentais como bom senso, pró-atividade, caráter, que podem ou não existir independente da idade da pessoa. Leia a respeito de boas contratações, faça um bom questionário, uma boa entrevista, e não dispense um bom período de experiência. Se desprender de preconceitos e rótulos é uma ótima maneira de iniciar uma super contratação.


Fonte: Artigos Administradores / Secretária: qual perfil contratar?

Os comentários estão fechados.