Sou administrador(a)?

Sou administrador(a)?

O período pós formatura é decisivo para a ascensão de qualquer profissional, logo, entender melhor este período é de extrema importância para que aprendamos a lidar com os medos e incertezas presentes nesta fase

Sou administrador(a)?

Quando ainda se está na faculdade, mil possibilidades serpenteiam a cabeça daqueles que se formarão Administradores(as) de Empresas. A mente de um estudante é um terreno fértil para o desenvolvimento de planos, metas e objetivos. Nesta fase, onde conta-se com o apoio de amigos, professores e da própria instituição, infinitas ideias, algumas um tanto utópicas, surgem na cabeça de jovens cheios de energia e desejo de mudar todo o universo que conhecem.

Convenhamos que o universo profissional real é diferente do que se sonha na graduação, principalmente em tempos de instabilidade política e econômica, como o que estamos vivendo. A oportunidade tão sonhada nem sempre é conquistada de imediato e pode gerar um sentimento de frustração, cujas consequências não foram avaliadas durante a faculdade. A partir daí, a mente que criou o impossível na imaginação, se torna palco de uma infinidade de incertezas e medos, podendo levar o jovem administrador a um estado de grande desencantamento com a profissão. Surge neste momento um dilema: será que sou mesmo Administrador(a) de Empresas? Uma vez que o cargo ou posição desejada parecem uma realidade distante de ser conquistada. Sobre essa perspectiva duas alternativas se colocam: se acomodar como quem é vencido e não tem vontade de progredir ou visualizar a experiência como uma oportunidade para continuar se preparando e evoluindo para o tão sonhado objetivo.

Quem opta pela segunda opção pode ser considerado um jovem sábio. É de senso comum que não se deve desistir à primeira porta que se fecha, ou de uma porta aberta que é diferente da idealizada. Uma lição que não se ensina na faculdade é que às vezes as coisas não vão sair como o imaginado, e vamos ter que nos resignar a posições ou cargos diferentes dos que galgamos em nosso íntimo. Neste momento o futuro se vislumbrará incerto e temeroso, porém, é neste momento que a energia e o ânimo do período da graduação devem voltar à ativa, fazendo com que aquela vontade insana de mudar o mundo se torne primeiramente uma vontade inabalável de mudar a própria vida.

Mas como fazer isso? O encanto pela profissão é algo que deve ser construído todos os dias. Por mais simples que sejam suas atribuições, lembre-se que os pequenos detalhes, por mais insignificantes que pareçam ser, têm contribuição plena no alcance do objetivo final, logo seu trabalho é fundamental para a organização e você, é muito importante. Seu brilho jamais será ofuscado, a menos que você queira.

A dificuldade maior dos recém-formados reside em não se ter a paciência necessária para esperar a oportunidade que mudará o seu destino. É certo que este momento sempre chega, e porque não aproveitar o tempo que o antecede para continuar se aperfeiçoado? Existem centenas de oportunidades de complemento profissional que só ajudarão no alcance mais rápido de seus objetivos. Por isso, a hora de fazer acontecer, se destacar, mesmo que nas pequenas coisas e se orgulhar da carreira escolhida é agora! Grandes triunfos estão por vir e o que determinará sua vitória será a capacidade de encarar e fazer das oportunidades atuais o primeiro degrau de um futuro de certeza, a certeza de que o sucesso abrirá as suas portas.


Fonte: Artigos Administradores / Sou administrador(a)?

Os comentários estão fechados.