Sustentabilidade é compromisso com a ação

Sustentabilidade é compromisso com a ação

O conceito de sustentabilidade está presente em diversas áreas da sociedade atual e, apesar de toda a diversidade de prioridades, sua essência básica pode ser considerada de caráter universal: responsabilidade e compromisso com a ação

O termo sustentabilidade, cada vez mais, vem adquirindo papel de maior destaque nas discussões e nos planos das gestões de negócios atuais. Ele está presente nas conversas entre pares, nos ambientes social e profissional. São grupos de amigos, famílias, leigos, especialistas, entes públicos, entes privados, associações sem fins lucrativos, ONGs, enfim, uma diversidade de agentes e organizações que discutem sobre a importância da sustentabilidade nas relações e no uso racional dos recursos naturais.

Existem diversos eixos que entendem e moldam a sustentabilidade conforme suas próprias realidades e necessidades. As discussões sobre o termo da sustentabilidade permeiam os diversos setores que formam a sociedade, onde grupos surgem e se associam para defender interesses comuns à luz de temas diversos. Assim, há aqueles que defendem a natureza, a educação, o trabalho, a moradia, os direitos civis, a liberdade, etc. No final, todos esses eixos convergem para dois dos princípios fundamentais que formam a base do pensamento sustentável: o planejamento e a responsabilidade.

O planejamento, como filosofia, nos permite pensar a organização futura a partir de ações presentes e traçar planos e objetivos para o cumprimento das ações necessárias para alcançar os resultados desejados. É o ato de pensar e agir: pensar qual é o nosso negócio e qual será o nosso negócio, são exemplos práticos identificados por Drucker (2010). Responsabilidade e trabalho são dois aditivos inseparáveis que compõem o conceito de planejar.

Planejar, no entanto, carece de prática nas gestões atuais. Parece que planejar representa ser algo tão trivial – como o exercício da ética citado por Kanitz (2011) – que a maioria dos gestores modernos nem se dão ao trabalho de exercê-lo. Se não houver compromisso com a ação, como ensina Drucker (2010), qualquer espécie de plano não passará de boas intenções ou boas ideias que jamais sairão da gaveta. A sustentabilidade parece incorrer nesse mesmo percurso sinuoso e perigoso.


Fonte: Artigos Administradores / Sustentabilidade é compromisso com a ação

Os comentários estão fechados.