Tente outra vez – Foco, persistência e motivação

Tente outra vez – Foco, persistência e motivação

O que Michel Jordan, Walt Disney e Einstein têm em comum? Há alguns elementos para superar as batalhas do dia!

A palavra tem poder, não é por menos que são as principais ferramentas de coaching, terapeutas, psicólogos, professores, palestrantes motivacionais, entre tantos outros. A palavra, como nos alerta Paulo Freire, vai além do significado literal contido no dicionário. Ela tem emoções, ou seja, traz consigo uma carga emocional. Por exemplo: se eu digo “desejo”, você pode lembrar de alguém em especial, de algo, mas também pode se lembrar que deseja conquistar mais felicidade, mais saúde ou prosperidade. Você pode associar ainda o desejo com alguma frustração. Enfim, a palavra tem poder na medida que atribuímos uma carga emocional a ela, seja no diálogo com o outro, seja na conversa que temos com nós mesmos.

Dito isso, gostaria de chamar a atenção para três palavras: FOCO, PERSISTÊNCIA e MOTIVAÇÃO. Foco, segundo o escritor e Doutor em Filosofia da Educação (USP) Gabriel Perissé, proveio de focus em Latim, que significa “lume”, “fogo”, ou seja, focar, iluminar determinado ponto. Já persistência (do Latim persistere), significa “continuar com firmeza; ficar firme.” Motivação, também pelo professor Perissé, vem do latim motivus, sendo “o que impele, o que move, colocar em movimento”.

Juntando essas três palavras, eu diria: iluminar determinado ponto, foco, de modo a agir e continuar com firmeza. O que acham? Raul Seixas também dá a sua versão das palavras foco, persistência e motivação na música TENTE OUTRA VEZ, isto sem perder uma conotação emocional inspiradora. Cante alto comigo!

Veja
Não diga que a canção está perdida
Tenha fé em Deus, tenha fé na vida
Tente outra vez

Beba
Pois a água vida ainda tá na fonte

Você tem dois pés para cruzar a ponte
Nada acabou, não, não, não

Tente
Levante a sua mão sedenta e recomece a andar

Não pense que a cabeça aguenta se você parar
Há uma voz que canta, há uma voz que dança
Há uma voz que gira
Bailando no ar

Queira
Basta ser sincero e desejar profundo

Você será capaz de sacudir o mundo
Vai, tente outra vez

Tente
E não diga que a vitória está perdida

Se é de batalhas que se vive a vida
Tente outra vez”

 

   Não me diga que tudo está perdido! Tenha fé na vida e em você! Seja sincero e deseje profundamente! Tente! Comece a andar e cruze a ponte da situação atual para a desejada. O caminho é feito ao caminhar! Você é capaz de sacudir o mundo sacudindo a si próprio. Você não estará sozinho! É de batalhas que se vive a vida! Tente… Tente outra vez! Vai!

O psicólogo formado em Harvard, Ph.D. Daniel Goleman, no seu livro Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso, cita de forma complementar:

“Horas e horas de treino são necessárias para um excelente desempenho, mas não são suficientes. O modo como especialistas de qualquer área usam a atenção durante o treino faz uma diferença fundamental. […]. Uma prática inteligente sempre inclui um esquema de feedback, que permite reconhecer erros e corrigi-los” (2014, p. 159).

Michael Jordan, no início da sua carreira, foi cortado do basquete e chorou por horas no quarto! Walt Disney perdeu o emprego no jornal sendo criticado por falta de imaginação e por não ter ideias originais! Einstein começou a falar com 4 anos de idade e seus professores diziam que ele não iria muito longe! Logo, o que fizeram a diferença para eles? Foco, determinação, motivação, dedicação, horas e horas de alguma forma de treino!

Então, meu caro, no treino da vida, da batalha diária, é necessário foco e persistência ao longo do tempo mantendo a motivação e, ainda, indicadores, feedbacks (internos e/ou externos) para corrigir eventuais desvios do caminho evitando o fracasso. Mas antes, lembre-se de escolher um bom foco e um objetivo que seja SMART:

Specific (ESPECÍFICO)

Measurable (MENSURÁVEL)

Achievable (ALCANCÁVEL)

Relevant (RELEVANTE)

Time (PRAZO)

Tenha fé na vida e em você! Seja sincero e deseje profundamente! Tente, aprenda com os erros, tente de novo!

COMPARTILHE se gostou!

Quem sabe este texto também faça diferença na vida de outros! 

Bibliografia

MATTA, da Villela; VICTORIA, Flora. Livro de atividades Personal & Professional Coaching®. São Paulo: Sbccoaching Editora,2012.

PASSOS, Sylvio; BUDA, Toninho. Raul Seixas: uma antologia. Ed. 8. São Paulo: Martin Claret Editores Ltda, 1992.

PhD, GOLEMAN, Daniel. Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso. Trad: Cássia Zanon. Rio de Janeiro: Objetiva, 2014.

PhD, GOLEMAN, Daniel. Trabalhando com a inteligência emocional. Trad: M. H. C. Côrtes. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

PhD, GOLEMAN, Daniel. Inteligência emocional: a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. Ed. 77. Trad: Marcos Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva Ltda, 1995.

PhD, WEISINGER, Hendrie. Inteligência emocional no trabalho: como aplicar os conceitos revolucionários da I.E. nas suas relações profissionais, reduzindo o stress, aumentando a satisfação, eficiência e competitividade. Trad: Eliana Sabino. Rio de Janeiro: Objetiva, 1997.

Disponível em: <http://origemdapalavra.com.br> Acesso em: 12 de set. 2015

Disponível em: <http://palavraseorigens.blogspot.com.br> Acesso em: 12 de set. 2015


Fonte: Artigos Administradores / Tente outra vez – Foco, persistência e motivação

Os comentários estão fechados.