Três lições do Airbnb que podem mudar sua visão de negócios

Três lições do Airbnb que podem mudar sua visão de negócios

Gerente geral do Airbnb para a Europa, Jeroen Merchiers, destaca pontos importantes para quem deseja aproveitar o forte mercado da economia colaborativa



Colocar um anúncio para receber pessoas que você nunca viu em sua casa. Ou ver um anúncio e ir para a residência de uma pessoa que você desconhece por completo. O que poderia ser improvável no passado, hoje se tornou uma forma usada por pelo pelo menos 60 milhões de pessoas em todo o mundo através apenas de um aplicativo: o Airbnb.

Seja para fazer dinheiro – para quem está cedendo o espaço – ou seja para quem está em busca de economizar ou viver uma experiência diferente (sim, você pode até dormir em um castelo) – essa forma de consumo moldada no compartilhamento está cada vez mais pungente e gerando um mercado promissor baseado na economia colaborativa.

Em entrevista disponibilidade no Administradores Premium, dentro do programa IESE Global Insight*, o gerente geral do Airbnb para a Europa, Jeroen Merchiers, destaca que entramos em uma nova era, na qual o modelo de consumo tradicional não será mais o mesmo. “O consumo tradicional e colaborativo irão co-existir. As pessoas querem um serviço personalizado, elas querem fazer algo exclusivo, elas querem ser valorizadas”, indica.

E esse panorama baseado em dividir os bens e serviços entre os usuários, e guiado por um profundo desejo de se conectar com os outros e de compartilhar, já possuem várias representantes, sendo eles o próprio Airbnb, o Uber, além de MonkeyParking, BlaBlaCar, TaskRabbit, EatWith, entre outros.

Segundo o gerente do Airbnb indica no programa do Administradores Premium, existem três grandes fatores que podem explicar o sucesso desse novo modelo e que servem de lição para empreendedores que desejam se enveredar por esse caminho.

1 – O atual momento econômico. “As pessoas estão procurando formas de se reinventarem, ou formas de se sustentarem, e hoje existe uma economia que criou essa nova necessidade”, explica.

2 – O outro fator “é que há uma nova era de viajantes que estão atrás de uma experiência mais personalizada”, destaca Jeroen. O serviço tradicional pode limitar toda uma experiência diferenciada e única. Por exemplo, quem diria que seria tão fácil se hospedar em um castelo?

3 – E o terceiro fator está no avanço tecnológico. ”O fato é que há uma plataforma tecnológica, que as últimas tecnologias desenvolveram, que nos permitiu gerar um ambiente de confiança, de segurança, que permite que as pessoas compartilhem seus lares, o que antigamente era algo impensável”, ressalta.

>> Você pode conferir mais trechos da entrevista com Jeroen Merchiers aqui. <<

Para ter acesso completo a esse conteúdo, basta fazer parte do Administradores Premium. Além da entrevista com o gerente geral do Airbnb, dentro do IESE Global Insights estão materiais exclusivos com Lech Walesa, vencedor do prêmio Nobel da Paz, Sheila Heen, fundadora da Triad Consuting Group, líder global em consultoria corporativa, entre outros.

* O IESE Global Insight é programa dentro do Administradores Premium, conduzido em parceria com a espanhola IESE, eleita a melhor escola de educação executiva do mundo.


Fonte: Artigos Administradores / Três lições do Airbnb que podem mudar sua visão de negócios

Os comentários estão fechados.