Tudo o que você precisa saber sobre:: Vale a pena mudar de cidade por um emprego?

Tudo o que você precisa saber sobre:: Vale a pena mudar de cidade por um emprego?

A vida do profissional independentemente de seu momento na carreira, pode incluir aventuras, experiências, acompanhado do sonho de voar alto. Assim, muitas vezes vezes voar alto, exige que façamos mudanças em nossas vidas, sendo que neste caminho surgem oportunidades onde em muitos dos casos estas vem acompanhada da proposta de mudar de emprego, cidade ou país. Mas e aí, o que levar em conta? Como agir? Vale a pena?

O mundo corporativo e o mundo do trabalho, muitas vezes exigem  que façamos mudanças em nossas vidas, surgindo neste caminho oportunidades onde em muitos dos casos estas vem acompanhada da proposta de mudar de emprego, cidade ou país. Mas e aí, considerando o cenário econômico que não inspira segurança, o que levar em conta? Como agir? Vale a pena?

Assim, diante do contexto, em qualquer circunstância, a vida do profissional independentemente de seu momento na carreira, pode incluir aventuras, experiências, acompanhado do sonho de voar alto.  Desta forma, uma oportunidade de emprego considerando o cenário atual é tentadora, além de trazer a ideia de reescrever novas histórias, acompanhados de novas posturas e aprendizados, ou seja; experiências estas que vão muito além da carreira.

Diante disso, existem vários fatores a serem considerados, afim de saber se vale a pena ou não.

Contudo, neste momento cabe ao profissional avaliar fatores tais como: a perspectiva de crescimento, os ganhos, plano de carreira, etc.  Ainda, em tempos de incerteza, é preciso colocar uma dose de bom senso na hora de tomar a decisão, agindo com cautela, estudando a oportunidade com calma, e calculando os riscos, diz Luciana.

Contudo, há alguns pontos a serem avaliados:

  1. Avalie se vale a pena para sua vida e carreira, se é o momento;
  2. Se vai realmente agregar valor à sua carreira;
  3. Reflita: Qual a história que você quer contar nos próximos anos para sua vida e carreira? Qual seu propósito?;
  4. Qual o impacto financeiro, familiar, profissional irá ter?;
  5. Qual o custo de vida da cidade?

 

Além disso, leve em consideração pontos como: Qualidade de vida, saúde, adaptação e mobilidade geográfica, entre outros.

E como todo processo de mudança existem prós e contras em mudar de cidade, sendo eles:

 

Prós: novas abrangências, aprendizados, visibilidade, aumento do networking

Contras: Choque cultural, distancia da família e amigos, inseguranças e incertezas.

 

Entretanto, embora a decisão possa trazer sucesso profissional, entusiasmo, o investimento pessoal muitas vezes e alto!  

Desse modo, torna-se essencial neste momento levar em conta seu momento profissional; onde, se você é jovem é bacana correr riscos, porque terá mais tempo para corrigir a rota, já se é um profissional mais velho, avalie com atenção a oportunidade e o momento, para não comprometer sua sequência profissional, explica Luciana.

Dessa maneira, analise e avalie muito bem a situação, seu momento e se esta experiência será positiva. Atente-se ao mais importante, toda e qualquer mudança para que possa transcorrer bem, é essencial efetuar um planejamento, realizar pesquisas, negociar. O recomendado é que peça ajuda a alguém da empresa para isso ou de profissionais para ajuda-lo, solicitando dicas de opções de lazer, restaurantes, imobiliárias, bairros, etc. Busque conhecer também a reputação da empresa que irá trabalhar na região por meio de sua rede de contatos, ou RH’s da região, faça um cálculo bem detalhado de todos os custos, analise se os prós são maiores que os contras.

E, por fim, a pergunta vale a pena? Vale se seu objetivo for de novas experiências, perspectivas e aprendizados; apesar de dar muito trabalho e gerar impactos, mudar de cidade proporciona aprendizados, autoconhecimento, entre outras experiências.

Toda via, a dica é se a mudança não for lhe causar nenhum prejuízo, experimente! Não somente pela oportunidade de emprego, mas por tudo que você terá a oportunidade de vivenciar longe de casa, pelas novas habilidades e competências que surgem quando estamos fora da caixa, pelo amadurecimento e uma vez que, dado o primeiro passo, cabe a você seguir a rota e construir uma nova história para sua carreira.

E se decidir mudar, realize por transições, optar por um contrato temporário imobiliário ou optar por um hotel pode ser a opção, pois os 6 primeiros meses servem de experimentação, e se tudo correr bem neste período, a nova experiência terá mais chances de dar certo. Porém, faça tudo com riscos calculados, e se achar que precisar voltar, volte! Se sentir que precisa seguir, siga! E quando der errado recomece sempre, acreditando em seu talento!

O meu desejo é sucesso e boa viagem!


Fonte: Artigos Administradores / Tudo o que você precisa saber sobre:: Vale a pena mudar de cidade por um emprego?

Os comentários estão fechados.