Vida e universo: relação que gera curiosidade humana

Vida e universo: relação que gera curiosidade humana

A relação curiosa e que move as pessoas entre a vida e o universo, mostrando que nossa existência é original, excêntrica, singular e única

Estamos cercados de descobertas variadas em diversas áreas de estudo e de pensamentos, de compartilhamento de informações em tempo real, de expectativas de criar população humana em Marte, mas ainda não se explica o mistério do ser humano e sua singularidade no universo.

O homem avança significativamente em todos os ramos dos saberes, mas, o mistério da dimensão humana continua aflorando as mentes mais sábia e curiosas. E as incessantes tentativas de descobertas sobre essa relação singular, nos deixa em um emaranhado de opções, onde o conceito que mais se assemelha com nossas convicções, nossa cultura, nossa expectativa ou ideal de vida, é o que nos move a crer, necessário à evolução de todos os seres, para seguirmos diante desta incógnita desafiadora.

É uma incessante busca por informações que solucionem este desafio e mesmo, diante desta imensidão de compartilhamentos de fatos imediatos, não podemos acessar algumas perguntas e respostas, talvez comuns a todos, mas, que está visível, ou invisível, ao universo e é o que mantém a originalidade, unicidade e, até mesmo, a excentricidade do ser.

Ainda nem se tem todo o conhecimento da essência e relação humana com a terra e já existem tentativas e expectativas de relacionar e a expandir a dimensão humana a outros planetas, como é o caso mais recente de viagem sem volta ao planeta Marte.

Isso nos leva a um questionamento mais acirrado. Seria uma tentativa desesperada de explicar a vida no universo? Ou, curiosidades humanas que podem resultar fatos positivos, negativos e, na pior das hipóteses, até trágicos? Seria expansão da dimensão e tomada do universo?

Muito se espia, mas, as verdadeiras respostas, aquelas mais intimas e profundas do ser com o universo, só cada um, no seu interior, ou nem mesmo neste, sabe precisar esta relação, provando que somos inexplicáveis, desconhecidos e incompreendidos pelos outros, mas principalmente por nós mesmos.

Talvez não precisamos desta resposta. Pode ser que vamos descobrindo ao longo da vida. Possivelmente nunca se terá provas, se essa for necessárias a alguns.

Sendo assim, só podemos descobrir através de tentativas, de construção e reconstrução, de se ter paradigmas flexíveis, e, ainda, acima de tudo, é a internalização de que o universo é grandioso, oscilante, em constante mutação, e, que nossa dimensão na vida o acompanha sempre, talvez mais ou menos rápido, mas essa velocidade só cada um, em suas atitudes, autoconhecimento e autodesenvolvimento, poderá sentir-se no controle, ciente de que não terá chance de ser o proprietário de tal, já que o universo está, ainda, no comando maior.

 


Fonte: Artigos Administradores / Vida e universo: relação que gera curiosidade humana

Os comentários estão fechados.