Você já aprendeu a ser mais persistente em seus empreendimentos?

Você já aprendeu a ser mais persistente em seus empreendimentos?

Reconheça a importância de seguir em frente sem levar em conta os contratempos e as contrariedades que a vida lhe traz

Se você pensa que os empresários mais bem sucedidos do mundo são aqueles que possuem grandes ideias, colossais estruturas e grande poderio financeiro está redondamente enganado. Os homens de sucesso são aqueles que adotaram o hábito da persistência em suas vidas, fazendo seus empreendimentos serem infinitos poços de perseverança e teimosia.

Aqui mesmo na minha cidade, temos indiscutíveis exemplos disso: muitos comerciantes que conheço são semianalfabetos, possuem pouco conhecimento em administração e negócios, quase nunca se especializam em suas áreas, contudo eles têm algo que muitos jovens condecorados não têm, a saber: garra.

E esse fantástico atributo os possibilita serem maiores do que todas essas qualidades expostas, porque permite que eles transformem as adversidades vislumbradas em extraordinárias oportunidades de crescimento e desenvolvimento. Procure observar: líderes fantásticos se alimentam das calamidades ao invés de serem engolidos por elas, visto que as ceifam e posteriormente as utilizam, como os exímios leões selvagens fazem com suas angustiadas e fragilizadas presas.

Então, esse é o caminho para o êxito: continuar a acreditar mesmo com inúmeros obstáculos a vista, moldando as torres negativas para elas serem os lúdicos degraus da excelência mercadológica.

Aprendi com Drucker que grandes projetos somente podem ser erigidos com trabalho duro e completo entusiasmo, onde o profissional ruma para cenários piamente sofríveis para sobrepujar seus concorrentes e apalpar os inoxidáveis processos de alta performance. Pense nisto, perceba onde está localizado e crie métodos inteligentes para otimizar sua carreira, gerando estratégias para materializar seus alvos com eficiência e implacabilidade.

Como encontrar as formidáveis características da persistência?

1 – Independentemente do medo, aja: muitas pessoas adoram procrastinar, deixando para outras ocasiões o que poderia ter sido realizado imediatamente, postergando seus futuros por receios absolutamente inexplicáveis. Elas não possuem metas claras (vivem perdidas), são desorganizadas e querem fazer tudo ao mesmo tempo (falta de foco e direção) e andam oprimidas pelo pavor do insucesso (falta de autoestima).

Desta forma, não fique apenas nas palavras (teoria), mas tenha atitude (pratica), porquanto não ter iniciativa é um dos maiores defeitos do homem contemporâneo, dado que é capaz de transmudar um bravo guerreiro em uma frágil borboleta.

Destarte, vá até o topo do penhasco e salte para que os anjos da esperança o apanhem. Em outras palavras, tenha um estado de espírito forte para que as forças superiores acampem a sua volta e auxiliem-no, permitindo que você seja um paladino na verdadeira acepção da palavra e um herói em todas as dimensões cósmicas alicerçadas.

2 – Tenha pensamentos assertivos: seu cérebro é responsável por tudo aquilo que você constrói, de sorte que se suas meditações forem construtivas todo o resto o será. Em outros termos, você realiza exatamente o que seus raciocínios o permitiram realizar, de modo que um grande homem é aquele que ostenta excelsas imaginações e sublimes discernimentos.

À vista disso, preserve uma consciência esperançosa, enxergando o mercado com os olhos de uma criança para fazer da confiança a sua maior âncora e da segurança a sua singular torre.

3 – Permita-se errar: apanhe a história dos campeões mundiais e você notará um fato interessante e amplamente estarrecedor: quase todos fracassaram demasiadamente antes de chegarem ao topo. Sabe porque? Porque esses sofrimentos encontrados no decorrer do percurso foram responsáveis por dar a eles as respostas mais valiosas do universo (que a escola não nos ensina e tampouco nos adverte).

Pondere comigo: o gostinho da glória está em batalhar, em passar por essas provações e tormentos, visto que essa é a melhor forma de gerar um caráter rijo, isto é, recheado de colossais e titânicas qualificações. Não foi atoa que Napoleon Hill disse: “Cada adversidade, cada fracasso, cada dor de cabeça carrega consigo a semente de um benefício igual ou maior.”

4 – Olhe para o futuro: a automotivação tem poder de mudar a sua vida. Pessoas que carregam pessimismo e ideias sabotadoras estão sempre um passo atrás das outras, pois pensam que nasceram para o fracasso, concebendo um espírito derrotista que culmina em uma mentalidade horrorosamente atrasada e tipicamente alienada.

Por conseguinte, valorize-se: creia em seus talentos e gere sonhos esplêndidos, concebendo pensamentos grandiosos para que seus propósitos existenciais sejam concretizados com supremacia e total proeminência.

5 – Valorize o risco: a maior liberdade humana está no risco. Acredite: os melhores empreendedores amam esses cenários incógnitos, pois eles entregam uma adrenalina positiva que impulsiona seus dons e faculdades adormecidas.

Assim, viva essa emoção: percorra caminhos inéditos e se permita escorregar de vez em quando, progredindo por meio dessas intrépidas e ousadas ações.

Maturidade não é sinônimo de blindagens extraordinárias, pelo contrário, é fruto de muitas lutas pessoais, onde o ser é provado em todas as instâncias do seu espírito. Desta assustadora agitação, saem apenas verdadeiros vencedores: estes que fazem tudo na vida, menos desistir.


Fonte: Artigos Administradores / Você já aprendeu a ser mais persistente em seus empreendimentos?

Os comentários estão fechados.