Você já pensou em deixar seu emprego?

Você já pensou em deixar seu emprego?

Quais os motivos das pessoas estarem constantemente pensando em deixar seus empregos? O que devemos considerar na hora de buscar uma nova colocação? Fazer uma análise profunda sobre o assunto pois algumas vezes o “problema” pode estar em “Você”!

   Seguramente a maioria das pessoas irá responder que sim! Mais por que não o fazem? Porque as pessoas têm tanto medo de partir? Partir para uma nova jornada, para novos desafios, novas oportunidades… E assim, com medo, vive uma vida vazia, contrariada, desmotivante.

   Deixar o emprego exige preparação, planejamento, e nós, seres humanos “comuns” e aqui o “pessoas comuns” são aquelas pessoas que fazem as mesmas coisas que as outras pessoas fazem, não ousam, não inovam, não planejam!

   Deixar o emprego exige uma tomada de decisão e além de tudo trás a errada sensação de perda, de derrota e fracasso e o pior de tudo, exige deixar a zona de conforto!

   Muitas vezes pessoas extremamente competentes e qualificadas, por falta de planejamento, do medo do desconhecido, do abstrato se sujeitam a trabalhar em empresas onde há um ambiente desagradável, onde o respeito, a valorização pessoal e profissional se perde em meio às atitudes de patrões e colegas sabotadores, invejosos, em empresas onde a sinergia entre a missão, visão, valores e suas ações e atitudes são completamente antagônicas.

   Esses são profissionais que não percebem que estão perdendo tempo insistindo em suas empresas falidas, parados na carreira e que não conseguem enxergar que a única saída é deixar esse barco. Existe vida lá fora!

   Outros profissionais sofrem por cometer falhas justamente ao deixar de traçar um planejamento de carreira e quando o fazem o colocam na gaveta deixando esquecido como se esse fosse imutável e assim seguem em um ciclo negativo. Os planejamentos necessitam ser revistos sempre.

   Deixar o emprego irá exigir de você fazer um estudo prévio de quais suas opções, um estudo sobre quais as empresas que possam atender as suas expectativas, onde você possa iniciar uma nova fase em sua vida.

   Comece pesquisando vagas disponíveis no mercado. Essas pesquisas podem ser realizadas em diversas fontes como revistas, sites especializados ou até mesmo diretamente nos sites das empresas.

   Selecione e faça uma relação das empresas que procuram profissionais com sua formação, experiência, com as suas habilidades e competências. Faça um currículo atraente cadastre-o nos sites das empresas selecionadas ou entregue pessoalmente.
Relacione também todas as pessoas que poderiam te indicar para essas empresas. Nesses momentos você verá o quanto valeu a pena construir uma rede de networking. Priorize possíveis pessoas que já trabalham nessas empresas.

   Podem fazer parte dessa lista seus amigos, colegas, familiares e clientes qualquer um que o conheça profissionalmente e que muito provavelmente não irão querer perder a oportunidade de se destacar futuramente em suas empresas por ter sido a pessoa que te indicou.

   Por outro lado, um contingente muito grande de profissionais pensa em deixar o emprego por qualquer motivo e muitas vezes por seus próprios erros e falta de maturidade: descontrole financeiro, falta de empatia, problemas familiares, aversão a mudanças de processos, entre outros.

   Segundo pesquisa do site Catho, 56% dos profissionais que se demitem voltam para a antiga empresa.

   O profissional para continuar avançando na estrutura hierárquica empresarial deve continuar investindo em sua qualificação e trazer suas finanças rigorosamente controladas, construindo uma relação de confiança, uma rede de networking.

   Agora ficou fácil entender alguns dos motivos pelos quais funcionários deixam suas empresas?

Pense nisso! 


Fonte: Artigos Administradores / Você já pensou em deixar seu emprego?

Os comentários estão fechados.