Você pode ser um zumbi

Você pode ser um zumbi

As pessoas, na ausência de um PROPÓSITO em suas vidas, desejam fazer parte de sonhos alheios. Querem viver vidas e participarem das histórias de outras pessoas. Dependem destas pessoas para realizar algo porque não é para elas mesmas e sim para quem as acompanha. E não estou me referindo a “outras pessoas” apenas como familiares, mas sim, muitas vezes conhecidos, amigos e até mesmo líderes no trabalho.

Imagino que ao ler o título deste artigo você já imaginou aqueles seres pálidos, com alguma parte do corpo faltando, cheio de marcas de sangue coagulado, vermes, etc., querendo comer cérebros das pessoas e caminhando igual alguém totalmente alcoolizado e perdido.

Mas os zumbis que vou apresentar a você, agora, não têm essa aparência. Ao contrário, têm a aparência comum, como qualquer um de nós. A propósito, talvez você seja um zumbi e não saiba.

Como assim? Você ser um zumbi? Veja pelo seguinte ângulo: qual o propósito dos zumbis dos filmes e seriados existentes? Praticar canibalismo e devorar pessoas normais? Por quê? Transformar mais pessoas normais em zumbis? Para que? E depois?

Não há um propósito claro da remota existência de um zumbi. Coitado dele. Não sabe onde está, para onde vai, porque vai e até quando vai. E muito menos sabe o que fazer quando chegar lá ….

Pois bem, qual o seu propósito? O que motiva você? O que faz você acordar todos os dias e ir trabalhar, praticar esportes, viver a vida? O que você realmente busca? Quando saberá que encontrou? Por que isso é importante para você? E quando alcançar, o que fará?

As pessoas, na ausência de um PROPÓSITO em suas vidas, desejam fazer parte de sonhos alheios. Querem viver vidas e participarem das histórias de outras pessoas. Dependem destas pessoas para realizar algo porque não é para elas mesmas e sim para quem as acompanha. E não estou me referindo a “outras pessoas” apenas como familiares, mas sim, muitas vezes conhecidos, amigos e até mesmo líderes no trabalho.

Devoram os “cérebros e corpos alheios” de maneira abstrata, sonhando, invejando, fantasiando sobre as conquistas de terceiros, seja pela incapacidade, dificuldade ou mesmo pela falta de visão de futuro, de sentido em sua própria vida.

Precisam que alguém lhes ofereça o “antídoto” a “cura” externa, alguém que deverá gastar tempo, esforço e sacrifício para tentar salvar cada uma destas inseguras pessoas, sendo que a grande cura está dentro de si, bastando apenas olhar, analisar, se conhecer e mudar.

Faça agora mesmo uma reflexão: Qual o seu propósito? O que você busca? O que o realiza? Como você poderá acordar e ter a certeza que se tornou alguém pleno?

Se não lhe vier nada à cabeça, você é um zumbi, mas pode ser curado, basta começar a refletir, pegar um lápis ou caneta e escrever em uma folha de papel o seguinte:

Quem/o que eu sou: Eu sou ….. tenho estas habilidades, competências, características ….

Quem/o que não sou: Eu não sou ….

Meu objetivo é:……

Vou me sentir uma pessoa plena, quando realizar estas situações em minha vida:

Situação 1 ……   

Situação 2 …… 

Situação 3 …..

Isso tudo é importante para mim porque quando eu realizar/atingir estes objetivos me sentirei…………

Para que eu possa me tornar essa pessoa plena, preciso começar com o primeiro passo que é …..

Mas, se acredita que isto lhe exija muito trabalho… Bom, viva sua vida de zumbi seguindo caminhos sem direção, que não pertencem a você e chegando aos destinos em que não saberá o que fazer. É tudo uma questão de escolha e atitude.


Fonte: Artigos Administradores / Você pode ser um zumbi

Os comentários estão fechados.